A janela de transferências está aberta desde o dia 17 de maio e o Manchester United segue buscando reforços para qualificar o elenco para a próxima temporada. No entanto, a difícil janela dificulta os diabos vermelhos de fecharem acordos com os jogadores pretendidos por José Mourinho.

Os grandes motivos para que o Manchester United chegue à um acordo com os jogadores pretendidos pelo técnico José Mourinho são a Copa do Mundo, no qual vários jogadores estão atuando na Rússia e com isso atrasa um pouco nas negociações, já que a grande maioria preferem negociar quando a competição acabar e o poderio financeiro do próprio clube – Sim, o próprio poderio financeiro do Manchester United.

A equipe comanda por José Mourinho é o clube mais rico do planeta por alguns anos seguidos e isso faz com que os adversários explore em todas as negociações. Um exemplo dessa exploração: O zagueiro Toby Alderweireld tem 29 anos e só mais um ano de contrato e o Tottenham pediu £75 milhões (R$ 376 milhões ) no jogador. O clube londrino sabe que o Manchester United não tem problemas com dinheiro e por isso quer tirar o máximo na negociação. Outro exemplo: A Inter de Milão pediu £70,4 milhões (R$ 353 milhões) pelo zagueiro Milan Škriniar, chegando a recusar uma proposta oficial de £57,2 milhões (R$ 286,8 milhões), segundo o jornal italiano Gazzetta dello Sport. E assim, dessa maneira os clubes tentam negociar com o Manchester United.

José Mourinho e Ed Woordward. Foto: Reprodução da Internet.

A Copa do Mundo acaba dia 15 de julho e a janela inglesa fecha no dia 9 de agosto. José Mourinho e Ed Woodward precisam saber negociar com todos os clubes, caso o contrário, o Manchester United vai continuar pagando preços acima do mercado em todos os jogadores e assim poderia ser punido pela UEFA ou FIFA no Fair Play Financeiro.

Comentários