AnálisesColunas

O Manchester United anda cheio de problemas para a próxima temporada, tudo isso porque o clube não solucionou os problemas da temporada passada, acumulou problemas na atual janela de transferência, na pré-temporada e pode terminar a temporada da pior maneira possível. Um clube global e poderoso financeiramente que é o Manchester United não pode chegar na atual situação que estar. Uma temporada que se inicia errada, com os planejamentos atrasados e sem solucionar, tem tudo para terminar de maneira trágica.

Os problemas do Manchester United apareceram ainda na temporada passada, quando Ed Woodward não cumpriu com o planejamento de José Mourinho e trouxe três jogadores para a janela de verão, trazendo o quarto reforço – Alexis Sanchez – apenas em janeiro. Durante a temporada 17/18, o United demonstrava ter vários problemas na equipe titular e no banco de reservas, era um time que jogava sem lateral-esquerdo, sem um meia de ligação e sem um meia-direita, fazendo com que o time tivesse vários pontos frágeis.

Assim que terminou a temporada 17/18, José Mourinho falou que reforçaria o time, principalmente na defesa, onde tínhamos a maior parte do problema e até o momento o Manchester United só trouxe um meia, um lateral-direito de 19 anos – que só volta a jogar em setembro, perdendo toda a pré-temporada e início de temporada – e um goleiro para ser o terceiro do elenco.

Na primeira entrevista coletiva da pré-temporada, José Mourinho foi perguntado sobre reforços e respondeu que não fazia ideia se chegaria novos reforços e isso gerou revolta por parte da torcida, que cobra por um lateral-esquerdo, um zagueiro e um meia-direita.

Faltando apenas 17 dias para o fim da janela de transferências, o Manchester United ver seus rivais ainda mais fortes e coloca a temporada 18/19 sob risco. O homem responsável pelas contratações do clube, Ed Woodward, foi visto em um torneio de tênis e logo depois viajou com a equipe para os Estados Unidos, no qual deveria estar trabalhando para reforçar o time. Os jornais publicam que o Manchester United já chegou a um acordo pessoal com Alex Sandro, lateral-esquerdo da Juventus, mas Ed Woodward se recusou a pagar o que o clube italiano pede.

Recentemente os jornais da Inglaterra publicaram que o atacante Anthony Martial pediu para deixar o clube, motivo que fez José Mourinho falar na coletiva de imprensa que nem tudo é do jeito que as pessoas querem, dando uma leve impressão de conflito entre os dois.

Além de todos os problemas de transferências, o elenco do clube está incompleto nos Estados Unidos para os jogos amistosos de pré-temporada, por motivos de férias, já que alguns jogadores atuaram na Copa do Mundo da Rússia. Alguns com sérios riscos de não jogarem contra o Leicester na primeira rodada do Campeonato Inglês no dia 10 de agosto, como no caso de Jesse Lingard, Marcus Rashford, Paul Pogba, Romelu Lukaku e Marouane Fellaini. Mourinho já demonstrou estar preocupado e passa essa preocupação para a imprensa e torcida. Juntando todos esses problemas, o comando técnico de José Mourinho pode ficar ameaçado até o fim da temporada em caso de não ganhar títulos por mais um ano.

Nos dois primeiros jogos da temporada, o time mostrou um futebol de péssima qualidade, empatando com o América do México e San Jose dos Estados Unidos. Os próximos jogos serão contra times de primeiro escalão no futebol internacional, Milan, Liverpool, Real Madrid e Bayern de Munique.

Uma temporada que começa com vários problemas, tem tudo para terminar da pior maneira possível – sem títulos.

Comentários