Durante um certo tempo, creio que todos torcedores colocavam a culpa pela falta de jogadores, de alto nível, no elenco na Família Glazers, proprietários do Manchester United, até o nós do MUFC BR fazíamos isso. E após fatídico jogo contra o Basel, alguém teria que encontrar e apontar um culpado pela desclassificação da Champions League, em um jogo que um empate classificaria os Red Devils, entretanto, dessa vez foi complicado dizer quem foi o responsável direto pela desclassificação. Uma vez que, quem iria decidir o resultado da partida seriam os jogadores.

É de conhecimento de todos que o elenco sofreu com várias sequências de lesões, inclusive com jogadores voltando de lesão e se contundindo no máximo dois jogos depois, como por exemplo: Cleverley e Chicharito. Poucos foram os jogadores que não foram para o Departamento Médico do United.

Problema esse que é resolvido de maneira simples, com a substituição do jogador contundido, contudo, até alguns reservas se contundiram, com isso, você certamente está pensando: “O Problema do United está sendo todas essas lesões”. Será que as contusões é o “tendão de aquiles” do Manchester United, na atual temporada? Em parte sim, porém o maior culpado tem nome e poderia ter evitado a eliminação do United na Champions League, além da humilhante derrota por 6X1 em pleno Old Trafford, para o time que veste azul-bebê. Seu nome? Sir Alex Ferguson. O Motivo? Acreditar em jogadores como: Evans, Park, Berbatov, Valencia e Owen.

Posso parecer um louco em dizer que o Sir Alex Ferguson é o culpado, mas pensem comigo: Quem contrata? Ferguson. Quem escala o time? Ferguson. Quem faz as mudanças durante as partidas? Ferguson. Só que tem um porém: Quem joga são os jogadores, e não o Ferguson. Certo, mas nos jogos que o Rooney não se destacava, alguém percebeu que o Ferguson tinha colocado ele para atuar como um meio de criação? Umas das principais carências é um meio de criação, que possa definir a partida com passes e gols.

Depois da partida contra o Basel, fiquei pensando que a solução do Manchester United seria a aposentadoria do Sir Alex Ferguson no final da temporada, mas depois de muito pensar, fiquei pensando: O SAF tem passar a investir em contratações de pesos, mas que venha para ser solução e não para se adaptar, além de parar de improvisar e utilizar: Evans, Park, Berbatov, Valencia e Owen. Dos jogadores citados o único que já jogou bem foi o Park, mas hoje em dia é mero figurante em campo.

Outro detalhe é que o elenco do Manchester United tem quer parar com as jogadas de cruzamentos, pelo fato de nenhuma jogada dar certo, o time tem que começar a chutar mais em gol e não cruzar bolas o tempo todo. Outra coisa, não acredito que Ferguson irá contratar na janela de Janeiro, mas quero adiantar uma cosia: Se ele INVENTAR de contratar o Sneijder, pode pedir se aposentar no final da temporada. Sneijder desde a copa do Mundo está parecendo o Owen, vive se contundido e quando entra não joga bem.

Para finalizar quero lembrar que os Glazers disponibilizaram cerca de £100 milhões, Ferguson não gastou metade desse valor. Então a culpa desta vez não é dos Glazers.

Por Anderson dos Santos
www.mufcbr.com

Comentários