Colunas

Chegamos a última parte da coluna sobre o David Moyes, quando deveria ser a primeira parte, porém não aguentava ver um técnico tão medíocre no comando do Manchester United e decidi antecipar, a decisão foi boa, porém um dia após a publicação da segunda parte, o querido técnico foi demitido.

Comemorei muito a demissão do Moyes, porém tive que refazer as duas últimas partes da coluna, além de ter que aceitar que as duas partes não teriam algo interessante, afinal de contas o assunto principal não estaria no comando da equipe, mas não poderia de concluir, então leia a última parte com um sorriso no rosto e agradecendo a saída do David Moyes.

– Confira as datas que todas colunas  foram publicadas:

– 12/04/2014 – 1º parte: The Chosen One – #MoyesOut (1/4)
– 21/04/2014 – 2º parte: Decisões e declarações falhas – #MoyesOut (2/4)
– 05/05/2014 – 3º parte: Ele foi demitido o/ – #MoyesOut (3/4)

Agora é com vocês participem, comentando, apoiando ou contrariando, divulgando e mostrando seus pontos de vista. Só peço para não xingar, se não gostou, comenta com respeito ou então não comenta, beleza? Glory, glory Man United…

[divide icon=”square”]

QUEBRA NEGATIVA DE RECORDES

David Moyes chegou ao Manchester United predestinado a quebrar recordes, porém de forma negativa. Separei alguns dos recordes, alguns podem dizer: “Seria difícil para qualquer um que assumisse no lugar do Sir Alex Ferguson”. Difícil seria, mas não da maneira que o David Moyes levou a situação.

1 – MENOR PONTUAÇÃO NA HISTÓRIA DA PREMIER LEAGUE

Apesar de ter comandado o atual elenco campeão da Premier League e reforçar o time com o grande jogador Fellaini, David Moyes fez com o que o time conquistasse 57 pontos em 34 partidas adicionados 57 pontos em 34 jogos e é o sétimo na tabela. Durante o comando de Sir Alex Ferguson, a pior pontuação do time foi 75 pontos em duas ocasiões. A primeira foi 1996/1997, onde o time foi campeão inglês, a segunda vez foi na temporada 2003/2004, o time acabou na terceira colocação.

2 – NÃO SE CLASSIFICAR PARA A CHAMPIONS LEAGUE, PELA PRIMEIRA EM 19 ANOS

A última vez o Manchester United para a Champions League foi na temporada 1994/1995, quando terminou como vice-campeão, o título ficou com Blackburn Rovers. Naquela época, apenas os campeões garantia vaga na competição europeia.

3 – PIOR DESEMPENHO NO OLD TRAFFORD, NA ÚLTIMA DÉCADA

Das 11 derrotas que o time sofre na Premier League durante a temporada, seis foram em casa, durante o comando de David Moyes. O “Teatro do sonhos”, não conseguiu ser mais como antes.

4 – DERROTA HISTÓRICA NO OLD TRAFFORD E ELIMINAÇÃO NA TERCEIRA RODADA DA FA CUP

Na derrota para o Swansea City, pela FA CUP, em pleno Old Trafford, houveram duas quebras de recordes. A primeira foi a derrota para o Swansea City, no Old Trafford, que aconteceu pela primeira vez na história do Manchester United. A segunda é que o time nunca havia sido eliminado na terceira rodada da FA Cup, durante o comando de Sir Alex Ferguson. A última vez que isso aconteceu foi em 1984.

5 – WEST BROM E MAIS DOIS RECORDES QUEBRADOS

O West Brom derrotou o Manchester United por 2×1, em pleno Old Trafford, pela 6º rodada da Premier League. A última derrota no Old Trafford, havia acontecido há quase 35 anos, quando o United perdeu por 5×3, no dia 29/12/1978. Outro detalhe é que o United não perdia para o West Brom desde o dia 03/12/2003, quando perdeu por 2×0, em partida válida pela  Copa da Liga.

6 – PRIMEIRA DERROTA NA PREMIER LEAGUE PARA O STOKE CITY, ALÉM DE OUTRO RECORDE

Desde 2008, quando Stoke City foi promovido à Premier League, o United não havia perdido para os “Potters”. Então o Manchester United foi jogar no Brittania Stadium, pela 24º rodada da Premier League e foi derrotado por 2×1. Outro recorde é que os “red devils” não perdiam para o Stoke City, em partidas pelo Campeonato Inglês, desde o dia 25/12/1984, quando perdeu pelo placar de 2×1.

7 – DERROTA PARA O EVERTON EM PLENO OLD TRAFFORD

O Manchester United não sabia o que era perder para o Everton jogando no Old Trafford desde o dia 18/08/1992, quando perdeu por 3×0. Contudo, bastou o confronto entre os times, em partida válida pela 14º rodada da Premier League, e eis que o United perde por 1×0. Detalhe, durante os 11 anos que Moyes ficou no Everton, a equipe nunca havia vencido o United no Old Trafford, bastou ele deixar a equipe e assumir o United que a situação mudou.

8 – PRIMEIRA DERROTA PARA O NEWCASTLE NO OLD TRAFFORD DESDE 1972

Desde o dia  12/02/1972, O Newcastle não sabia o que era vencer o Manchester United no Old Trafford, na ocasião os “Magpie”s venceram por 2×0. Só que David Moyes não estava feliz com isso e decidiu quebrar mais um recorde, os times se enfrentaram, no “Teatro dos sonhos”, no dia 07/12/2013, e o Manchester United perdeu por 1×0.

9 – SUNDERLAND DERROTOU O UNITED APÓS 13 ANOS

Após 4.788 dias ou 13 anos, o Manchester United voltou a ser derrotado pelo Sunderland. A última derrota tinha acontecido no dia 28/11/2000, pelo placar de 2×1 pela League Cup 2000/2001. Então, eis que chegou o dia 07/01/2014, uma partida contra o Sunderland no Stadium of Light, e o Manchester United foi derrotado por 2×1, pela semifinal da Capital One Cup. Mais um tabu que foi embora com o David Moyes…

10 – GOL MAIS RÁPIDO SOFRIDO NA PREMIER LEAGUE

Apesar de não ter tido o mesmo placar na derrota por 6×1, contra o Citizens. O gol de Eden Dzeko com apenas 43 segundos, foi o gol mais rápido que o Manchester United sofreu na Premier League além de ter sido a primeira vez que o Manchester United sofreu um gol em menos de um minuto, de partida.

11 – PRIMEIRA VEZ QUE PERDEU TODAS PARTIDAS PARA AS EQUIPES DO MERSEYSIDE DERBY

Liverpool e Everton tiveram uma excelente temporada, apesar do Liverpool não conquistar o título da Premier League, porém as vitórias em casa e fora contra o United ajudaram ambas equipes. Foi a primeira vez que o United perdeu para as equipes que disputam o Merseyside derby.

12 – VOLTOU A PERDER 3 PARTIDAS SEGUIDAS

Após perder para Tottenham, Swansea e Sunderland, no intervalo de 7 dias, o United quebrou mais um tabu negativo, que não acontecia desde 2001.

13- NÃO VENCEU NENHUM RIVAL FORA DO OLD TRAFFORD

A última vez que não ganhou para nenhum dos principais rivais (Manchester City, Arsenal, Chelsea e Liverpool), jogando fora do Old Trafford foi na temporada 2005/2006, mas foi o David Moyes assumir a equipe e mais um tabu foi quebrado.

14 – SERÁ A SEGUNDA VEZ QUE O TIME TERMINARÁ ATRÁS DO LIVERPOOL, NA PREMIER LEAGUE

Eles agora também estão determinados a terminar atrás de rivais Liverpool pela segunda vez na era Premier League.

15- PERDEU TODOS OS CLÁSSICOS CONTRA LIVERPOOL E MANCHESTER CITY

O Manchester United perdeu todos os clássicos (quatro partidas) na Premier League contra Liverpool e Manchester City (seu principais rivais), pela primeira vez em sua história. 

16 – PERDEU DUAS PARTIDAS CONTRA O EVERTON EM MAIS DE 3 DÉCADAS

Desde 1970, o Manchester United não perdeu os dois jogos contra o Everton, outro rival regional.

17 – PRIMEIRA VEZ QUE FICARÁ ATRÁS DE CITY E LIVERPOOL EM 36 ANOS

Ficou atrás de liverpool e Manchester City, pela última vez em 1977/1978.

18 – MAIOR NÚMERO DE CRUZAMENTOS, FEITOS PELO MANDANTE, NA HISTÓRIA DA PREMIER LEAGUE

O empate por 2×2 na casa do Fulham, em fevereiro, foi históricas, pois nenhum visitante tinha realizado tantos cruzamentos em uma partida da Premier League, o United realizou 81 cruzamentos durante os 90 minutos de partida.

19 – PRIMEIRA DERROTA, NA HISTÓRIA, PARA UM TIME GREGO

O Manchester United nunca havia perdido para um time grego, até enfrentar o Olympiacos e perder por 2×0, pela Champions League.

20 – PIOR COLOCAÇÃO NO CAMPEONATO INGLÊS DESDE 1991

A pior colocação do Manchester united nos últimos anos foi na temporada 1990/1991, quando ficou na sexta colocação.

21 – MAIOR NÚMERO DE DERROTAS NA PREMIER LEAGUE

O United perdeu 11 partidas sobre o comando de David Moyes, que determinou que a equipe ficasse fora das competições europeias. Os piores resultados foi nas temporadas 2001/2002 e 2003/2004, onde perdeu 9 de 38, terminando em terceiro em ambas edições.

CONSIDERAÇÃO FINAL

De escolhido como substituto de Sir Alex Ferguson à demitido como odiado por grande parte da torcida do Manchester, David William Moyes deixou o comando do “atual elenco campeão Inglês”, por uma série de erros, que foi desde a diretoria até decisões próprias. A falta de pulso, decisões erradas, declarações bobas, falta de ambição e várias outras coisas, na minha opinião, foram os vários motivos que derrubaram “o escolhido”.

Espero que o próximo técnico chegue para colocar o time no seu lugar de vencedor, gigante, que o time volte a ser o MAIOR DA INGLATERRA, que o Old Trafford volte a ser o “Teatro dos Sonhos”, o mais importante é que o próximo manager chegue para realizar mudanças que faça com que o time volte a ser Manchester United.

Por fim, venho pedir desculpas, afinal de contas senti que as duas últimas partes da coluna não tiveram o encanto que eu tinha planejado, uma vez que tive que refazer as duas últimas partes. Para não perder o costume a culpa foi David Moyes, que não ficou no comando da equipe até o fim da temporada…

Por Anderson dos Santos
www.mufcbr.com

Comentários