Colunas
www.football.fr

www.football.fr

Quando José Mourinho foi empossado oficialmente no comando do United, 26 de maio deste ano, a expectativa real era, primordialmente, de recuperar a hegemonia dentro da Inglaterra e voltar a formar uma equipe solidamente consistente no cenário Europeu.

Porém não deve ser ignorado o fato de que há anos o time não consegue repetir os momentos gloriosos os quais reinaram na Era Fergie, angustiando dois fracassos consecutivos no comando técnico, David Moyes e Louis Van Gaal. Partindo disto, 3 recentes derrotas desastrosas esboçaram dúvidas acerca do ofício de Mourinho e demonstraram o quão árduo será impor um grande trabalho na Premier League. Entretanto, caso exista um período ideal para avaliar toda a aprendizagem adquirida e potencial possuído, consequentemente é o mês de outubro, cujo próprio proporcionará 4 intensos jogos em um curto espaço de 9 dias.
Concluindo a bela e inspiradora vitória contra o Leicester City, último sábado, o Manchester terá apenas o subestimado Zorya (Ucrânia) pela Uefa Europa League, além do arruinado Stoke City, encerrando setembro.

Mês frenético.

Logo no princípio de outubro, disputará o Derby diante de seu maior rival, em Merseyside, estando diante de uma equipe que venceu todos os grandes jogos disputados até aqui. Em seguida, considerada a partida mais esperada pela fase de grupos da UEL, receberá o Fernebahçe em Manchester, triunfo que provavelmente irá cravar o retorno de Robin Van Persie ao Old Trafford. Viajando à capital, enfrentará os Blues Londrinos no Stamford Bridge, um dos principais favoritos ao título e que traz consigo a vantagem de não ser derrotado pela equipe de Trafford desde 2012, vangloriando freguesia.

Para concluir a série de impactantes embates, haverá mais um encontro entre o Special One e Josep Guardiola. Novamente no Theatre of Dreams, os eternos rivais se enfrentarão pelas oitavas de final da EFL (Copa da Liga Inglesa), havendo a possibilidade de uma apetitosa revanche para o luso e mais um eletrizante confronto.
Através desses 4 decisivos Matchs, iremos obter a condição de testar verdadeiramente os conhecimentos táticos de Mou e a capacidade técnica do nosso elenco. Em termos distintos, esses dois pares de jogos possuem a condição de alavancar euforicamente nossa temporada, caso as vitórias ocorram, ou afundá-la prematuramente.
A hora da verdade!

Comentários