A importância do nosso meia armador central

Alguns jogadores, apesar de representarem uma importância fundamental para suas equipes, não têm o devido reconhecimento. Os famosos “craques sem mídia”. Schneiderlin talvez seja um deles. A maioria dos volantes de contenção são tidos como “brutos”, mais precisos em desarmes e marcação. Já os volantes de ligação, geralmente se destacam pela “classe” e capacidade de dar passes longos, como Toni Kroos e Xabi Alonso. Mas, imaginem se um volante carregasse consigo todas essas características? Lhes apresento a Morgan Schneiderlin.

Com a técnica de um segundo volante e o potencial defensivo de um primeiro volante, o Francês dará segurança ao meio campo do United, auxílio para os dois zagueiros e ainda ajudará na saída de bola. Um dos jogadores que mais desarmou nas 3 últimas temporadas da Premier League, principal responsável pelos bons desempenhos do Southampton (entre 2013 e 2015) e aprovado pela maior parte dos Red Devils.

Não foi apenas a “lambança” no último jogo da Supercopa da Inglaterra que fez com que Fellaini fosse questionado pelos fãs. Desde que chegou ao clube, o Belga foi a personificação de inconsistência e imprecisão, deixando claro que não terá outro destino a não ser o banco. Diante de tal cenário, Schneiderlin é a peça ideal para fazer dupla com o recém-chegado Paul Pogba, fazendo com que o outro meio-campista (Mata ou Rooney) tenha liberdade suficiente para armar jogadas próximas ao gol.

Particularmente, que jogador!

Comentários