Gostaria de estar escrevendo para enaltecer nossa vitória, sobre a grande melhora de De Gea no nosso gol, enfim, sobre qualquer outra coisa boa, mas infelizmente, não vou conseguir deixar que passe em branco essa polêmica entre Evra e Suárez. Seria muito melhor dizer que os jogadores foram protagonistas da partida por outros motivos, não por isso.
Parece que a punição de 8 jogos para Luiz Suárez não surtiram nenhum efeito, e sinceramente, se estivesse em meu poder, eu o puniria novamente. Se realmente fosse mentira que ele tivesse discriminado Evra, como ele diz, hoje ele teria se portado de outra maneira, e faria com que isso fosse esquecido. Mas ele só fez aumentar a certeza de que ele realmente o fez, o que eu considero uma vergonha.
O racismo no esporte é visto com bastante freqüência, tanto da parte de algumas torcidas, como da parte de jogadores. E da parte dos jogadores se torna uma coisa ainda mais horrível, pois eles são quem deveria dar o bom exemplo, já que muitos são inspiração para muitas pessoas. Apesar da freqüência com que isso ocorre, não há como não se espantar com um absurdo desses. Uma das coisas que nunca deve faltar no esporte é o respeito.
Gostei muito da atitude dos outros jogadores que não cumprimentaram Suárez, isso mostra que há outros incomodados com as atitudes dele, além da união e companheirismo do elenco.
E não só torcedores do Manchester United, mas de muitos outros clubes, ficaram indignados com o ocorrido. Enfim, uma pena tudo isso. Todos nós queremos que coisas assim nunca aconteçam.
Mas o United jogou muito bem, conseguimos uma vitória muito importante, que poderia ter até um placar mais elástico, colocamos pressão no City, e mostramos que a cor de uma pessoa é apenas um detalhe, existem coisas infinitamente mais importantes que isso!
Por Larissa Bezerra
www.mufc.com.br

Comentários