Colunas

Hoje, o assunto será Donny Van de Beek.

O holandês chegou ao United gerando muita expectativa, e com total sentido. É um meio-campistas moderno, ainda muito novo, foi uma dos pilares para os títulos holandeses e pela campanha semifinalista do Ajax, além de ainda ter muito espaço para evolução. Fora seu valor né, que se comparado ao mercado atual, passou longe de custar caro. Mas por qual motivo Donny ainda não engrenou?!

Acredito que há alguns fatores para isso ainda não ter acontecido. Então, citarei abaixo 3 motivos que acredito estar “atrapalhando” o jogador:

1º) A mudança de ares

Com todo respeito à Eredivise, o campeonato holandês tem um nível muito inferior ao da Premier League, acho que sobre isso não há discussão. Sair da Eredivise e chegar na Premier League é um salto e tanto na carreira. Além de que ele jogava no time responsável pela hegemonia no país, o que facilita ainda mais as coisas. A adaptação a nossa liga pra maioria dos jogadores é complicada. Poucos jogadores conseguem se destacar com tanta rapidez como Bruno Fernandes, por exemplo. E isso já era algo esperado por mim, já imaginava que o holandês “sofreria” um pouco para jogar em alto nível na Inglaterra.

2º) O bom momento dos nossos meio-campistas

Se tem uma área do campo em que o United se destaca, essa área é o meio-campo. Pogba, Fred, McTominay e Bruno vêm desempenhando um ótimo futebol e sendo imprescindíveis para o time. E se já era extremamente acirrada a competição entre eles, imagina com a chegada de mais um. Fred vive um ótimo momento, fatalmente o seu melhor com a camisa vermelha de Manchester, se tornando peça fundamental pro United. Pogba, aos poucos recuperando seu altíssimo nível de futebol, se torna praticamente titular absoluto, pois é o mais talentoso dentre os 4(excluindo Bruno da competição). E o escocês é o que mais tem como ponto forte do seu jogo a marcação, o que já o difere dos outros, e o da vantagem em determinados jogos. Então, na posição do holandês a disputa é grande demais, o que o fez já chegar atrás de 3 jogadores.

3º) Seu papel em campo

Mostrarei abaixo o seu heatmaps na Eredivise, segundo ao site SofaScore:

Esse Heatmap acima é o dele atuando pelo Ajax, em 23 jogos.

Percebam como ele jogava praticamente em toda parte do campo, em especial pelo lado direito. Mas o que mais me chama a atenção é como ele aparecia na área. Era por muita vezes em “fator surpresa” no ataque do time holandês e é justamente por isso que eu gostaria de vê-lo atuando mais à frente. Podendo, muitas vezes, substituir Bruno. Uma das características que me faz curtir seu futebol é a polivalência. É um jogador que pode atuar praticamente em todas as posições do meio-campo, então qual o motivo para não testá-lo como um 10?

Em sua última temporada pelo Ajax, nesses 23 jogos pela Eredivise ele marcou 8 gols e distribuiu 5 assistências, além de ter uma média de 1,8 passes decisivos por jogo. Pogba, por exemplo, na atual temporada, tem média de 0,8 passes decisivos por jogo. Além, claro, de ter marcado um boa quantidade de gols. Portanto, acho bem interessante a ideia de testá-lo mais como um 10, na posição do Bruno. O que também nos daria a oportunidade de preservar mais o português, já que ele praticamente não tem um reserva imediato.

Agora, mostrarei o seu heatmap na Premier League, também segundo ao site SofaScore:

Esse é o mapa de calor dele em 10 jogos, pelo United

Obviamente guardadas as devidas proporções de jogos e minutos, acredito que dê pra comparar um pouco. A primeira diferença que encontro é que jogando na inglaterra, o jogador costuma cair mais pela esquerda, justamente o lado contrário ao de quando atuava pelo Ajax. Segundo ponto seria a pouca presença na parte central do campo, podemos notar que raramente o jogador atua por ali. E o terceiro ponto seria a falta de presença na área, o que acho que seja uma característica subestimada do jogador. Van de Beek tem boa finalização e aparece bem na área, o que acontece aqui para ele invadir tão pouco a grande área adversária?

Em suma, como diz o título, é momento para termos calma. Na data da postagem dessa coluna, somos líderes de Premier League e acabamos de eliminar o Liverpool pela FA Cup, então, o trabalho desenvolvido em Old Trafford têm sido bom. Devemos dar tempo e tranquilidade para que Donny desenvolva seu melhor futebol, com a nossa camisa. É um jogador de apenas 23 anos, convocado constantemente para sua seleção e o principal, já demonstrou seu talento. Estamos bem servidos em sua posição, então não há motivos para pressa.

Comentários