Colunas

De patinho feio a um dos melhores finalizadores da Inglaterra

Desde que José Mourinho foi empossado treinador do Manchester United, alguns jogadores evoluíram exponencialmente. Um dos casos mais notáveis foi o de Antônio Valencia, atual capitão da equipe, cuja titularidade é praticamente absoluta, fruto de regularidade e disciplina severas. Ashley Young, há tempos esquecido pelos torcedores, foi reinventado como um ala-esquerdo e foi uma das peças em destaque na primeira metade de temporada.

Há, porém, um caso ainda mais satisfatório para o clube mancuniano. Jesse Lingard, já visto como um atleta limitado por muitos críticos esportivos, é um dos pontos altos do nosso jovem ataque (que, recentemente, reforçou-se com o experiente Sanchez) e realiza uma temporada digna de um adjetivo imponente: Evolução.

O meia-atacante já coleciona 7 gols e 4 assistências na atual edição Premier League, tornando-se a quarta força produtiva da equipe. Vale a emissão de um juízo de valor pessoal: Quase sempre golaços.

Ademais as estatísticas, as performances do jovem inglês são dignas de parabenização. Sempre muito veloz e incisivo, Jesse veio a ser um dos melhores finalizadores de jogada do plantel, com um poder de fogo superior, por exemplo, a estrelas nacionais como Dele Alli.

Eleito o melhor jogador do clube no mês de dezembro, a atuação diante do Arsenal foi talvez a mais marcante até então. Em pleno Emirates Stadium, Lingard foi absolutamente decisivo, anotou dois tentos e assegurou 3 importantes pontos no Derby disputado longe do Old Trafford. Posicionado como um 10 livre, ele vem sendo sublime.

https://www.youtube.com/watch?v=nvvYlGRSNI0

Comentários