Colunas

Nas últimas horas nas redes sociais uma coisa que causou grande incômodo, é o fato de que alguns torcedores mais novos e outros que nunca se atreveram a ler sobre a história das rivalidades no Campeonato Inglês não sabem que o Leeds United é um dos grandes rivais do Manchester United na história, tendo inclusive uma rivalidade extra campo, então vamos resgatar uma parte desse Derby, o clássico tem dois nomes comumente citados, Roses Rivalry que será explicado no decorrer do texto, e também pelo nome de Pennines Derby.

Antes de tudo é necessário enfatizar que o Manchester United é um dos clubes que mais tem rivalidade declarada por outros clubes e seus torcedores, não só Liverpool, Leeds United e Manchester City nos considera rivais, mas também Chelsea, Arsenal, Everton e alguns outros mais por toda a Inglaterra, a para fato de curiosidade, os três primeiros dessa lista se encontram numa região bem próxima, o United é claro em 1° lugar, e logo depois vem Liverpool que está a aproximadamente 50km de distância e Leeds que está a 65km de distância da cidade de Manchester.

E esse fato da proximidade entre os times vai ajudar bastante a evidenciar o tamanho dessa rivalidade, no Século XV tivemos uma batalha pelo Trono do Reino Unido com o nome de Roses Rivalry (Guerra das Rosas) entre as casas de Lancashire com o escudo sendo de uma rosa vermelha (Manchester) e Yorkeshire com o escudo sendo uma rosa braca (Leeds) e isso fica evidenciado nas cores dos uniformes dos times. Outro grande momento da história dessa rivalidade entre cidades ocorreu durante da Revolução Industrial entre os Séculos XVIII E XIX quando os prefeitos da duas localidades travaram uma disputa para ver quem se expandia mais economicamente e também na construção arquitetônica das cidades. Então podemos cravar aqui que esta rivalidade vai de fato muito além do campo de futebol.

Mas agora chega de falar sobre o extra campo, vamos ao que interessa e falar dos clubes em si, o Manchester United tem sua fundação mais antiga em 1878 mas como Newton Heath, passando a se chamar Manchester United somente em 1902. Já o Leeds teve sua criação em 1904, primeiramente como Leeds City mas poucos anos depois o time foi desfeito, voltando logo depois como Leeds United. Mas o primeiro embate entre os clubes com os novos nomes foi ocorrer somente em 1923, um fraco 0 a 0 em Old Trafford.

A rivalidade entre os times veio crescer somente no período pós Segunda Guerra Mundial (1939-45), principalmente nos anos 60, quando os times passaram de fato competir no alto nível e disputando títulos sobre o comando dos treinadores Matty Busby e Don Revie. O primeiro grande jogo decisivo foi na Semifinal da FA Cup de 1965 quando os times terminaram mais uma vez empatados em 0-0 e um jogo que foi marcado por entradas duras e com direito a uma matéria do jornal Yorkshire Post com o comentário: “Ambos os times se comportaram como um bando de cães brigando e rosnando um para o outro por um osso”. No jogo “Replay” o Leeds acabou levando a melhor mas na final perdeu o título para o Liverpool, enquanto isso pelo Campeonato Inglês o Manchester United levantou a taça após terminar empatado em pontos com o mesmo Leeds, mas superando no saldo de gols (50 contra 31). As grandes estrelas desses embates eram Bobby Charlton, Denis Law e George Best pelo lado do Manchester, e Jack Charlton (irmão de Sir Bobby que faleceu recentemente), Billy Bremer e Norman Hunter pelo lado do Leeds.

Sir Bobby Charlton na imagem disputando um clássico contra o Leeds na década de 60 Fonte: Divulgação Premier League

A partir da década de 70 a rivalidade tomou parte de outro contexto, o hooliganismo ficava cada vez mais forte entre as torcidas inglesas e obviamente as torcidas de Manchester United (Red Army) e Leeds (Service Crew) ficaram de fora, tendo vários encontros sangrentos e com mortes de ambos os lados sendo um dos embates mais notórios do país naquele período, uma verdadeira guerra sangrenta e muito violenta. Uma transferência em 1978 causou ódio pela torcida do Leeds que viu dois dos grandes destaques do time se transferirem ao United, Joe Jordan e Gordon McQueen.

Nos anos 80 a rivalidade ficou um pouco em baixa devido ao rebaixamento do Leeds, que voltou em 1990 e passou travar grandes duelos entre os times tendo inclusive em 1991-92 brigado ponto a ponto pelo título que desta vez ficou com o Leeds United (seu último título inglês) tendo em campo Eric Cantona e Gordon Strachan que mais tarde foram jogar pelo rival United, que na temporada seguinte não tinha muito prestígio com a diretoria do clube e foi negociado justamente para o Manchester United a pedido de Sir Alex Ferguson, e sua adaptação no clube de Manchester foi ótima tendo marcado 15 gols na campanha de 1992-93 quando o clube foi campeão da primeira edição da Premier League. O próprio Cantona volta a ser manchete nessa rivalidade quando é punido financeiramente por cuspir em um torcedor do Leeds durante um dos embates entre os times.

Eric Cantona já com a camisa do Manchester United em um jogo onde vencemos o Leeds por 4-0 em 1996 Fonte: Divulgação Premier League

Outro ponte dessa rivalidade aconteceu na virada do Século, além dos embates em campo entre Roy Keane e Alf-Inge Haland, houve um confronto entre torcedores do Leeds contra o Galatasaray pela Copa UEFA quando dois ingleses morreram esfaqueados, uma parte da torcida do United se sensibilizou e prestou condolências em Elland Road aos torcedores do Leeds que foram mortos, mas durante um em 2000, torcedores do United em Old Trafford levaram faixas com dizeres ofensivos como “MUFC Istanbul Reds” que irritaram a torcida do Leeds que retrucou cantando músicas zombando o fatídico desastre aéreo de Munique em 1958 que levou a óbito boa parte do elenco do Manchester United.

Um novo episódio dessa rivalidade veio acontecer no início deste Século quando surgiu um jovem garoto da cidade atuando bem pelo Leeds United, seu nome era Alan Smith que se destacava desde muito jovem por sua qualidade e determinação dentro de campo, e por isso ganhava os corações dos torcedores naquele período onde o time chegou a disputar uma Semifinal de Champions League tendo o próprio Alan como um dos destaques, outro era Rio Ferdinand que em 2002 foi contratado também pelo Manchester United sendo na época o zagueiro mais caro do mundo. Mas em 2004 veio o rebaixamento do clube, e surgiu então o interesse de Sir Alex Ferguson no jovem garoto de Leeds que antes havia dito que nunca jogaria pelo Manchester United devido a rivalidade, mas os 7 milhões de euros foram aceitos e Fergie tinha então seu tão aguardado substituto para Roy Keane que estava prestes a deixar o time. Mas essa transferência causou um enorme ódio ao Manchester United e para Alan Smith também por parte da fanática torcida do Leeds que até hoje é tratado como um traidor.

Alan Smith já com a camisa do United, antes foi jogador do rival e inclusive nasceu em Leeds Fonte: Divulgação Man United

No retrospecto entre as equipes o Manchester United leva uma larga vantagem, são 46 vitórias do time vermelho de Manchester contra apenas 26 dos rivais brancos de Leeds, tendo ainda mais 35 empates entre os clubes.

Bom, agora estamos em 2020 e nesse longo período de 16 anos longe da primeira divisão do Leeds, os clubes pouco se enfrentaram pelas Copas e enfim eles voltaram para a Premier League sendo campeões da Championship 2019-20. Teremos dois grandes duelos em Old Trafford e Elland Road na próxima temporada e sem dúvidas serão jogos de muita emoção, gols, e talvez até alguns lances mais ríspidos entre os jogadores que viverão pela primeira vez essa grande rivalidade do futebol inglês.

Comentários