Colunas

www.skysports.uk

Após 2 inspiradores meses de início de temporada, colecionando vitórias firmes e atuações brilhantes, o Manchester United enfrentará, em Anfield, o seu maior rival. Antecedido de resultados satisfatórios, os comandados de José Mourinho viajarão a Merseyside para enfrentar o Liverpool pela oitava rodada da Premier League. E este será, decerto, um confronto divisor de águas dessa campanha.

>>Cenário

A rivalidade entre os dois clubes, que entende-se ao relacionamento entre os cidadãos das duas cidades, é antiga e recheada de histórias. Nascido durante a Revolução Industrial, esse, que esboça as duas maiores potências futebolísticas da Grã-Bretanha, é um clássico que atravessa gerações e mobiliza paixões na terra da rainha há séculos. Conto, aqui, detalhadamente.

Certamente, as duas equipes se encontram em momentos distintos. Enquanto os red devils dividem a liderança com os rivais da cidade (em desvantagem apenas no saldo de gols), os reds nem ao menos mantêm-se na zona de classificação para a Uefa Champions League, amargando, desde a goleada sofrida para o City, uma série de empates e um início nada convincente nas duas grandes competições em que joga.

Invicto e colecionando diversos clean sheets, o United enfrenta o que aparenta ser o grande desafio da temporada até então. Rival histórico, treinador carrasco, elenco forte e fator casa. Perfect Challenge. Caso a vitória venha acompanhada de uma apresentação consistente, será, de fato, a ponte que levará o Manchester a ambicionar, doravante, títulos relevantes. Um verdadeiro teste de ambições.

Infelizmente, o embate é antecedido de desfalques por lesões em ambos os lados. Os donos da casa perderam um, senão o, dos seus grandes jogadores, Sadio Mané, surpreendido por uma lesão durante a temível Data FIFA. Os visitantes, teoricamente mais desfavorecidos, jogarão sem Marouane Fellaini (que, calando a boca do colunista que vos escreve, viria a ser peça importante) e Paul Pogba, talvez o grande craque do elenco.

Possível escalação: David De Gea; Young, Jones, Bailly, Valência; Herrera, Matic e Mkhitaryan; Martial/Rashford, Lukaku e Lingard.

Palpite: Liverpool 0x2 Man United. Vitória segura dos visitantes e ponto-chave para alavancar o restante da season.

Ademais, espera-se um jogo bem disputado, principalmente no setor intermediário, onde, felizmente, temos a sorte de possuirmos grandes volantes e meio-campistas qualificados para um box-to-box elevado, como Nemanja Matic e Ander Herrera. Com os laterais contendo as investidas dos pontas adversários e a faixa central dominada pelos ótimos cabeças-de-área, poderemos, sim, voltar com os 3 pontos.

O confronto será realizado nesse sábado, 14 de outubro, às 8:30 da manhã (madrugada?) no horário de Brasília. Transmissão exclusiva da ESPN Brasil e do Watch ESPN. #GGMU

Comentários