Colunas

Nas últimas temporadas onde conquistamos bons resultados (as vezes sem um bom futebol é verdade) o Manchester United sempre teve no comando de ataque um homem gol, foi assim com Robin Van Persie, Zlatan Ibrahimovic e Romelu Lukaku. Quando esses homens foram menos utilizados ou deixaram o clube, passamos por algumas crises, principalmente no âmbito ofensivo.

Mas na última temporada tendo um Lukaku em baixa, acabamos muito aquém do esperado e durante a janela de transferências tivemos a transferência do atacante Belga e também do Chileno Alexis Sánchez, e eu entendo a opção do treinador em querer liberá-los, porém nunca vou entender o fato da direção (leia-se Ed Woodward) não se esforçar para trazer um novo homem gol para o Manchester United.

Rashford e Martial são os principais nomes do ataque para esta temporada
Imagem: Divulgação Manchester United

É sério que eles achavam Rashford, Martial, James e Greenwood o bastante para uma temporada inteira? Por mais que eles tenham talento para criar chances de gol e as vezes marcá-los, um time do tamanho do Manchester United não pode ficar refém de escassas opções no setor ofensivo.

Foram especulados nomes como Moussa Dembelé, Wissan Ben Yedder, Mario Mandzukic, Fernando Llorente e outros. Entendo que nenhum deles estaria a altura de repor a saída de Romelu Lukaku, mas não tenho dúvida alguma de que seria muito melhor ter mais uma opção no elenco, do que não ter como foi no jogo deste sábado contra o Southampton quando não tivemos Martial lesionado e saímos com mais um resultado decepcionante.

Romeu Lukaku e Alexis Sánchez, ambos cedidos a Internazionale nesta janela

E o pior pode ser o cenário do jovem promissor Mason Greenwood que está entrando em campo nessa fogueira e pode acabar se queimando como outros jovens que subiram da base na era pós Ferguson e não renderam o esperado atuando em um time desorganizado e em má fase.

Gostaria muito de entender Ed Woodward mas não desce na minha garganta um dirigente de um clube tão rico, com um elenco tendo falhas de montagem bem visíveis fazer um mercado em que perde 6 jogadores e repõe somente 3 deles, sendo somente 1 jogador ofensivo.

Para este erro ficar ainda mais evidente basta olhar para nossos vizinhos de Manchester tendo grandes atacantes, ou os rivais de Liverpool com um trio ofensivo poderoso, ou os dois times do Norte de Londres com ataques bem superiores ao nosso. Sem atacantes de alto nível, como concorremos contra eles? Como vamos voltar ao G4 ou uma briga pelo título das Copas?

Um time que não tem um ataque forte, que não tem poder de fogo no âmbito ofensivo deste esporte chamado futebol está fadado ao fracasso, e infelizmente meus amigos este é o caso do Manchester United.

Porque o senhor Ed Woodward não reforçou o nosso setor ofensivo?

Comentários