Colunas

Fala, Família Red Devil!

Bem, essa é a minha primeira coluna aqui no site, então vou me apresentar. Meu nome é Cayo Pereira, torço pro United desde 2007 graças ao Winning Eleven (muita gente deve ter passado isso também) e desde 2007 tenho o Manchester como o time que era temido por todos e entrava nas competições como favorito. É assim, com viés saudosista, que começa a minha coluna de hoje…

Lá em 2007, nós tínhamos um time poderoso e vitorioso. Jogadores como Cristiano Ronaldo, Rooney, Tevez, Giggs, Scholes faziam chover em todas as competições que disputávamos e na temporada 2007/2008, trouxeram a Champions League de volta para Old Trafford, coisa que não acontecia desde 99.

Estávamos acostumados com grandes times que ganhavam pelo menos um título por temporada. O que dizer então de Alex Ferguson? O homem que transformou o Manchester United no maior vencedor do Campeonato Inglês e fez o mundo temer a camisa vermelha de Stretford. Mas, tudo que é bom acaba. E o fim da era Ferguson acabou em 2013, e foi ali que começou o declínio do United.

Com David Moyes, a torcida que estava acostumada a títulos, times mágicos, futebol envolvente e vistoso, ficou ressabiada de ver um time de futebol feio e perdendo jogos que nem o mais pessimista torcedor poderia prever que aconteceria um dia. E foi com ele que veio o maior baque que todos os red devils sentiram que ali estávamos caindo um degrau em relação aos outros times: Ficar fora da Champions League e da Europa League. Moyes sacked!

Van Gaal chegou como salvador da pátria e com boas contratações, fez com que os torcedores se enchessem de esperança com a temporada que começaria, mesmo sem disputar competições europeias. Como ele mesmo disse, teríamos que ter paciência pois era uma temporada de renovação. Aceitamos, fomos pacientes e conseguimos o objetivo: Voltamos a Champions League.

Mas, espere… Você, torcedor do United assim como este que te escreve, se contenta apenas com a vaga na Champions League? Nos acostumamos a títulos e temporadas vitoriosas com grandes times e grandes campanhas, se contentar com pouco? Pra um time da grandeza do United? É muito, muito pouco.

Disputamos a pré-champions, passamos e fomos eliminados na fase de grupos. Pronto, pra mim foi a gota d’água. Disputar a UEL, com todo respeito aos que disputam, é uma afronta a história do United. Hoje, nossos rivais nos veem como um time em declínio. Assim como nós víamos o Liverpool há uns 4/5 anos atrás. O Manchester United não pode se apequenar e não entrar nos campeonatos para vencer. Os 20 títulos ingleses e os 3 europeus não são para qualquer clube. O valor da grandeza é esse. Se manter como um gigante que somos e não deixar com que façam de nós um time qualquer.

WE ARE UNITED!

Comentários