Jogadas do Valencia

Quase todos sabem que eu não gosto do futebol do Antonio Valencia, porém poucos sabem quais são os motivos que me levam a pensar assim. Não quero status e/ou não sou fã do Cristiano Ronaldo, antes que alguém diga que quero me promover ou ser fã do Cristiano Ronaldo. Desde a temporada passada venho falando que o Valencia não é jogador para o Manchester United e minha opinião não mudou. Vamos aos motivos pelo o qual não gosto do futebol do Valencia:

1º – Limitado e sem criatividade

“Partiu Valencia pela lateral direita e cruza a bola”. Essa é a frase mais ouvida quando o equatoriano decidi atacar, sempre faz a mesma jogada, porém você deve pensar: “Ele só faz uma jogada, mas sempre funciona”. Contra times pequenos essa jogada funciona, mas nem sempre. Vamos para algumas curiosidades:

Na atual temporada, Valencia marcou 4 gols em 21 partidas na Premier League, que dá uma média de 0,19 gols por partida. Muito pouco, mas o camisa 25 é meio campo, que vai para o fundo do campo para fazer cruzar bolas para os atacantes marcarem gols.

Em 21 partidas, Valencia deu 13 assistências, média de 0,61 assistência por jogo, ou seja, uma assistência a cada 127 minutos. Uma assistência a cada um partida e 37 minutos é muito? Lembre que ele é o jogador ofensivo que mais cruza bolas na Premier League e não é um jogador de marcar gols e sim de dar passes. Se você considera que é uma boa média vamos para outros números:

Na atual temporada da Premier League o equatoriano realizou 88 cruzamentos, levando em consideração cruzamentos até um metro de distância da área, o número exatos de cruzamentos de todas as áreas do campo passa a marca de 100 cruzamentos facilmente, infelizmente não consegui dados certos sobre os cruzamentos de todas as áreas do campo (até o dia 14/04/2012), além de ter participado de 17 dos 78 gols marcados pelo Manchester United na Premier League, isso significa quase 21,79% de participação nos gols, média baixa pelo número de cruzamentos, principal e única jogada de criação do Valencia que é considerado o melhor jogador na temporada, por alguns torcedores, e que ainda tem a função de participar ativamente dos gols.

2º – Nem sempre grande contra os pequenos, porém sempre pequeno contra os grandes

O título é meio confuso, mas quero dizer que o melhor da temporada não faz nada nas partidas contra adversários fortes, já quando atua contra um time pequeno, como por exemplo o Wolverhampton, o mestre dos cruzamentos acaba se destacando. É esse tipo de grande jogador que é considerado o melhor da temporada? Alguém lembra do resumo da final da Champions? Quem quiser pode ler, clicando aqui.

Não coloquei sua participação na Champions e Europa League, pelo fato de sua participação nas competições citadas, ter sido horrível.

Veja as partidas nas quais o Valencia se destacou:

Manchester United 4X1 Wolverhampton
QPR 0X2 Manchester United
Manchester United 5X0 Wigan
Manchester United 2X3 Blackburn
Arsenal 1X2 Manchester United
Manchester United 2X0 Stoke City
Wolverhampton 0X5 Manchester United
Blackburn 0X2 Manchester United

Desempenho do Valencia na Premier League:

Desempenho do Valencia cópia

 Obs: Vocês podem discordar do meu ponto de vista, mas tente ver nossos resumos da Premier League e analisem,  Clique Aqui  para ler os resumos da Premier League 2011/2012 

Resumo dos Desempenhos

Péssimo: Chelsea, Newcastle, Chelsea, Liverpool e Wigan

Ruim: Norwich, Everton, Swansea City, Aston Villa, Bolton e Fulham

Médio: Fulham

Bom: QPR, Arsenal e Stoke City

Alto: Wolverhampton (Duas Vezes), Wigan e Blackburn

Com exceção do Arsenal, os outros times são considerados pequenos, apenas o Stoke City não está na parte de baixo da tabela. O melhor da temporada se destaca contra times pequenos e não contra todos os times da Premier League, será que o título de melhor da temporada é justo?

Mas as estáticas mostraram números até bons. Porém vou fazer algumas perguntas e farei questão de responder (caso queira, pode deixar um comentário a respeito das respostas):

Pergunta: Na derrota do United para o Liverpool, por 2X0 na FA Cup, qual foi o lance de destaque do Valencia?
Resposta: Quando o time entrou e saiu do campo, apagado os 90 minutos em campo.

Pergunta: Na Liga dos Campeões 2011/2012, o Valencia participou de 5 partidas, atuou os 90 minutos em duas partidas. O Gênio Valencia fez um gol contra o Otelul Galati (Que perdeu todas as partidas), além do gol, qual outra lembrança do Valencia na Champions League?
Resposta: Momentos das substituições e nada mais.

Pergunta: No clássico, contra o Arsenal o Valencia jogou bem, deu um passe e marcou o gol da vitória. Mas logo após o clássico o United enfrentou o Sotke City, Chelsea e Liverpool. Na partida contra o Liverpool deu um passe para o gol, mas vale lembrar que ele só deu o passe graças ao Spearing, que praticamente tocou a bola para o Valencia. Tirando o “passe” para o gol, qual outra jogada o gênio criou nas três partidas?
Resposta: NENHUMA.

3º – Com Nani, Young à disposição, o banco de reservas seria ótimo

Esse será o último motivo, pelo o qual eu não gosto do futebol do Antonio Valencia. Vou tentar encurtar esse último motivo, para o artigo não ficar cansativo.

comparação dos times

* Houve um engano na numeração da camisa do Rafael, ele usa o número 21 e não 20.

Pois bem, primeiro clique na imagem e compare a equipe com e sem o Valencia. Lembram do começo da temporada? Quando o time mostrava um futebol muito agradável, no qual o time marcava forte, possuía mais posse de bola, criava jogadas em qualquer parte do campo e era muito forte ofensivamente. Alguém lembra de ter visto o Valencia jogar bem essas partidas? Não, porque o Valencia não fazia parte do time titular, ele só participou da partida contra o Chelsea, porque o Ashley Cole acabou machucando o Chicharito em uma falta.

Uma coisa que “ajudou” e muito o Valencia foi o grande número de contusões nos jogadores do meio de campo, como a reposição acabou ficando difícil o equatoriano acabou ganhando a vaga, porém foi visível que o time ficou mais recuado com sua entrada, como é possível analisar na imagem.

Esse recuamento do time se deve ao fato do mesmo não ter características iguais ao Nani, Young e/ou Giggs, com isso o jogador era tinha que jogar mais perto dos volantes, fazendo com que o Rafael esteja sempre cobrindo as costas do Valencia, com isso o Ferdinand tem que se adiantar um pouco e isso acaba fazendo com que todo o esquema do time tenha que ser alterado, tudo em função de um jogador que cresce apenas contra times pequenos.

A situação do Valencia estaria pior caso o Giggs fosse mais jovem, como nossa Lenda tem 38 anos, e infelizmente não possui mais o físico de antes, o que o leva a passar por rodízio no elenco.

Para concluir tenho que explicar duas coisas:

Nunca falei que o Valencia é ruim, sempre falei que não é jogador para o Manchester United.

Não quero fazer com que alguém passe a não gostar do futebol do Valencia, mas quero mostrar que ele não merece ser nomeado como o melhor jogador do United na temporada, como alguns torcedores falam.

Agora é com vocês participem, comentando, apoiando ou contrariando, divulgando e mostrando seus pontos de vista. Só peço para não xingar, se não gostou, comenta com respeito ou então não comenta, beleza?

Por Anderson dos Santos
www.mufcbr.com

Comentários