» O JOGO

Apesar de um elenco tecnicamente superior, o United não conseguia pressionar o Yeovil, inclusive com dificuldade de trocar passes após a linha do meio de campo. O primeiro lance de perigo foi do Yeovil, Green recebeu, avançou sozinho e entrou na área, mas chutou em cima do Romero, aos 6 minutos. Os donos da casa pressionaram até os 15 minutos iniciais, porém sem finalizações perigosas.

Aos poucos o United começou a ganhar espaço e passou a chegar um pouco mais com perigo, principalmente nas jogadas criadas pelo Sánchez, que dava muita movimentação no meio de campo, com ataques em velocidade e com inversões de bola. McTominay recebeu passe do Sánchez e tentou o chute no canto, mas o Krysiak fez grande defesa aos 23 minutos.

O Yeovil voltou a assustar na cobrança de falta, na entrada da área, do Tom James, que chutou forte fazendo o Romero rebotar, aos 37 minutos. O placar foi aberto pelo United, aos 40 minutos após falha da defesa do Yeovil, Sánchez avançou e deu passe para Rashford, que se atrapalhou no domínio da bola, porém a zaga adversária não afastou a bola e Rashford tocou na saída do goleiro Krysiak.

» SEGUNDO TEMPO

A primeira boa jogada do segundo tempo foi do United, Rashford recebeu, driblou dois marcadores e chutou, a bola desviou no Nathan Smith e saiu a direita do gol defendido pelo Krysiak, aos 49 minutos. A segunda boa chance do United foi aos 58 minutos, Sánchez cruzou, Mata deu passe para Rashford que só ajeitou para Shaw, o camisa 23 chutou forte, mas em cima da zaga.

O domínio da partida era do United, que agora não deixava o adversário jogar e ainda chegou ao segundo gol, em rápido contra ataque, Mata tocou para o Sánchez que avançou em velocidade e deu passe para o Herrera, o camisa 21 chutou cruzado e ampliou a vantagem no placar, aos 60 minutos. O United até chegou ao terceiro gol, Darmian chutou cruzado e Mata mandou para o gol, porém estava a frente da linha de defesa, aos 63 minutos.

Sem poder de reação os donos da casa pouco criavam e só ofereceu perigo aos 75 minutos, quando Lewis Wing recebeu pela direita e chutou forte, mas o Romero fez grande defesa. O United foi mantendo o controle da partida e só voltou a pressionar com Angel Gomes que entrou e logo no primeiro minuto fez boa jogada individual e quase marcou um golaço, mas a bola apenas bateu na rede pelo lado de fora, aos 87 minutos.

O United chegou ao terceiro gol aos 88 minutos, Lingard recebeu passe, foi avançando sem pressão dos marcadores e chutou cruzado, no canto direito do Krysiak, que não teve chance de defender. Sem poder de reação o Yeovil sofreu o quarto gol no penúltimo minuto da partida, Angel Gomes inciou a jogada e deu passe para o Rojo, que avançou pela esquerda e cruzou para o Lukaku mandar para o fundo das redes.

Com o resultado o Manchester United avança para as oitavas de final da FA Cup, enquanto que o Yoevil Town voltará a se concentrar na disputa da quarta divisão inglesa.

Detalhes

Escalações

Yeovil Town: Krysiak; N.Smith, Bird (Browne 56′), Wing (C. Smith 83′), Gray, Dickson, Zoko, Surridge, Green (Fisher 69′), Sowunmi e James

Manchester United: Romero; Darmian, Lindelof, Rojo, Shaw; Carrick, Herrera; Mata (Lukaku 64′), McTominay, Alexis (Lingard 72′) e Rashford (Gomes 88′)

Gols

Manchester United: Rashford (40′) e Herrera (60′)

Cartões Amarelos

Yeovil Town: Zoko (1′), Nathan Smith (29′), Sowunmi (45′)
Manchester United: McTominay (81′)

Comentários