Competições

» O JOGO

Com vitórias nas últimas 3 partidas, o Manchester United foi até o St Mary’s Stadium enfrentar o Southampton pela 10º rodada da Premier League, apesar da partida começar lenta, a equipe red devil criou uma boa oportunidade aos 6 minutos, quando Alex Telles deu passe em profundidade para o Greenwood receber dentro da área, driblar o goleiro McCarthy, mas sem ângulo chutar para fora. As equipes trocavam muitos passes, rodavam a bola no meio, porém não finalizavam. Os red devils voltavam a oferecer perigo aos 15 minutos, quando Bruno Fernandes arriscou o chute da entrada da área, que desviou na zaga e passou muito próxima a trave direita.

Jogando um pouco mais defensivo, o Southampton conseguiu abrir o placar aos 22 minutos, Bednarek aproveitou a cobrança de escanteio e desviou na primeira trave para tirar qualquer chance de defesa do De Gea. O gol deixou a equipe mandante mais a vontade em campo, que por muito pouco não ampliou o placar quando Walker-Peters arriscou o chute cruzado que desviou no Alex Telles e acertou a trave direita do De Gea, aos 26 minutos. Os comandados do Solskjaer sentiram o gol sofrido e não conseguiam fazer transições ou até mesmo manter a posse de bola, facilitando ainda mais o jogo proposto pelo Southampton.

A partida poderia ter mudado quando McCarthy errou o passe na saída de bola, entregando no pé do Greenwood, que chutou da entrada da área em cima do goleiro, Bruno Fernandes ficou com o rebote, mas teve o chute bloqueado pelo goleiro adversário aos 30 minutos. Os Saints seguiram pressionando e chegaram ao segundo gol aos 32 minutos, Ward-Prowse cobrou falta da entrada da área, De Gea ainda tocou na bola, mas não evitou o gol. Dois minutos depois, Djenepo chutou com perigo de fora da área, mas o De Gea afastou o perigo e ficou sentindo dores. O Unite pouco criou nos minutos finais, enquanto que os Saints movimentaram a bola até o final da primeira etapa.

» SEGUNDO TEMPO

Na volta para o segundo tempo, o United realizou duas alterações, De Gea que seguiu sentindo dores no lance na primeira etapa deu lugar para Henderson, enquanto que Cavani entrou no lugar do Greenwood. Quem começou a mostrar serviço foi o goleiro, em lance que o Walcott recebeu livre na direita e chutou cruzado, mas o Henderson defendeu sem dificuldade aos 47 minutos. O United respondeu aos 51 minutos, quando Rashford recebeu passe em profundidade e avançou com velocidade, mas teve a finalização bloqueada pelo McCarthy. A equipe mandante passou a jogar com linhas menos ofensivas e ficou sem oferecer perigo.

Mesmo sem tanta frequencia, o United seguiu pressionando e chegou muito perto de diminuir a desvantagem aos 55 minutos, após cruzamento do Bruno Fernandes a bola sobrou para o Cavani, que teve o chute desviado pela zaga. A insistência deu resultado aos 59 minutos, Cavani recebeu passe do Wan-Bissaka e cruzou rasteiro para o Bruno Fernandes, o português dominou e chutou sem chance para o McCarthy. Os Saints diminuíram o ritmo e viram o adversário chegar ao ataque com mais frequencia e mais perigo. Em nova chegada ao ataque aos 68 minutos, Cavani aproveitou o cruzamento e desviou com muito perigo, passando muito próximo a trave direita do McCarthy.

O empate red devil aconteceu aos 73 minutos, após jogada de escanteio, Bruno Fernandes tentou o chute, a bola desviou e o Cavani de cabeça mandou para o fundo da rede. O Southampton decidiu deixar de ser pressionado e se lançou ao ataque, Adams recebeu passe por alto dentro da área, girou sobre a marcação e a finalização passou muito próxima a trave direita aos 78 minutos. O United pressionou muito nos minutos finais e após muito tentar, a virada red devil aconteceu aos 92 minutos, após levantamento do Rashford para o centro da área, Cavani novamente desvia de cabeça para vencer o McCarthy e garantir a oitava vitória seguida, pela Premier League, jogando fora de casa, um recorde no clube.

Detalhes

Escalações

Southampton: McCarthy, Walker-Peters, Bednarek, Vestergaard, Bertrand; Ward-Prowse, Romeu, Armstrong (Diallo 89′), Djenepo (Long 71′); Walcoot e Adams

Manchester United: De Gea (Henderson 45′), Wan-Bissaka, Lindelöf, Maguire, Alex Telles (Williams 83′); Matic, Fred, van de Beek, Bruno Fernandes; Rashford e Greenwood (Cavani 45′)

Gols

Southampton: Bednarek (22′) e Ward-Prowse (32′)

Manchester United: Bruno Fernandes (59′) e Cavani (73′ e 92′)

Cartão Amarelo

Southampton: Ward-Prowse (16′)

Comentários