Pré-Jogo

Com Sir Alex Ferguson nas tribunas, o Manchester United recebeu em Old Trafford o recém promovido Crystal Palace em jogo válido pela 4ª rodada da Premier League.

Após de ficar fora do clássico contra o Liverpool e de seus compromissos com a seleção inglesa devido ao corte sofrido em um treinamento, Wayne Rooney foi para o jogo contra a equipe londrina. Outro destaque era Marouane Fellaini, a ‘única’ contratação de David Moyes para a temporada. Mas, o belga iniciou a partida no banco de reservas.

O Jogo

Com dois tropeços nas duas ultimas rodadas, sendo um deles em casa contra o Chelsea, o United tinha obrigação de vencer dentro de casa. E essa foi a proposta de David Moyes para a partida, um time sempre no ataque e com a posse de bola. No ínico da partida o United tinha boas triangulações pela direita com Fábio, Valencia e Anderson.

O United mantinha a bola no campo de ataque, porém, não conseguia finalizar devido o bom posicionamento da defesa do Crystal Palace.
Como não conseguiam furar a defesa adversária, Carrick e Rooney tentaram chutes de média distância, e deram trabalho ao goleiro Speroni. Mas, a arma que o United mais utilizava eram os lançamentos longos. Em um desses lançamentos foi criada a melhor chance do United até então. Rooney lançou, van Persie matou bonito no peito e cara-a-cara com o goleiro finalizou no travessão.

O Crystal Palace tentava sair para o jogo e a sua única oportunidade de gol foi aos 41’ com Gayle que recebeu lançamento e cara-a-cara com De Gea, finalizou para fora. Após esse lance, o United não tinha mais o mesmo ritmo do ínicio do jogo e o Palace tentava se soltar, mas, após um erro de passe, Young recebeu a bola e foi derrubado por Dikgacoi e o árbitro marcou o pênalti. Um pênalti polêmico. Para piorar, o jogador do Palace foi expulso.

Van Persie foi para a cobrança e converteu o seu terceiro gol na Premier League, abrindo o placar no Teatro dos Sonhos.
Sem tempo para mais coisas, o árbitro apitou pela última vez no Primeiro Tempo.

Segundo Tempo

Na volta para o segundo tempo, com um jogador a mais, o United partia com todas as forças para cima do adversário. Criando boas jogadas, dessa vez pelo lado esquerdo com Young e Evra, porém ainda com muitos erros na finalização.

A grande expectativa para o segundo tempo era a estreia de Fellaini com a camisa dos Red Devils. E ele entrou no lugar de Anderson, mas, e logo foi dando trabalho ao goleiro Speroni com um belo chute de fora da área. Após isso, outro belga começou a brilhar. O jovem Adnan Januzaj, que entrou no lugar de Young, jogava com muita personalidade, era ousado e criou várias chances de gol. Em uma dessas jogadas, ele sofreu uma falta na entrada da área. Wayne Rooney foi para a cobrança e fez um belo gol, ampliando a vantagem para o United.

Após o segundo gol, Januzaj continuou colocando fogo no jogo. Ele recebeu a bola, e deu um belo passe para Rooney que invadiu a área e tentou um chute por cobertura, porém, sem sucesso. E no fim da partida, mais uma chance de gol, Rooney recebeu e dessa vez serviu Chicharito que finalizou para a defesa de Speroni.

E assim terminou a partida, Manchester United 2 x 0 Crystal Palace.
O próximo compromisso do United é contra o Bayer Leverkusen em duelo pela Champions League.

Detalhes da Partida

Escalações

Manchester United: De Gea, Fabio, Ferdinand, Vidic, Evra, Valencia, Carrick, Anderson(Fellaini 61’), Young(Januzaj 66’), Rooney e van Persie(Chicharito 78’).

Crystal Palace: Speroni; Delaney, Gabbidon, Moxey, Mariappa; Dikgacoi, Campaña(Guedioura 59’), Jedinak; Puncheon, Chamakh(Kebe 74’) e Gayle(Jerome 62’).

Gols

Manchester United: van Persie (45’); Rooney (80‘)

Cartões Amarelo

Manchester United: Young (18’)
Crystal Palace: Moxey(45’) e Chamakh (54’);

Cartões Vermelho

Crystal Palace: Dikgacoi (44’)

Por Walter Junior
www.mufcbr.com

Comentários