» O JOGO

A partida começou bem equilibrada, o United trocava passes e abria alguns espaços na zaga adversária, mas não conseguia finalizar. Jogando em casa, o Burnley até chegava com mais intensidade, contudo com chutes sem perigo ao gol defendido pelo De Gea. O primeiro lance de perigo foi do United aos 12 minutos, Young cruzou e Pogba chutou de primeira, mas mandou por cima da meta defendida pelo Pope.

O United foi tomando conta da partida, mas não errava na hora do último passe, com erros que impediam as finalizações, mesmo com jogadas ofensivas em velocidade. O Burnley seguiu não recuando e com mais finalizações que o United, apesar de não ter havido nenhuma finalização com chance de gol.

O segundo chute com perigo só surgiu aos 41 minutos, Young fez boa jogada, deixou dois adversários para trás e chutou com efeito, contudo a bola apenas passou próximo a trave do goleiro Pope. A última boa chance foi do United, no último minuto Pogba e Martial tabelaram na entrada da área e o francês chutou pra fora.

» SEGUNDO TEMPO

Na volta para segunda etapa a partida reiniciou com o buscando abrir o placar logo nos minutos inicias e conseguiu aos 53 minutos, em contra-ataque, Lukaku ganhou a disputa no meio de campo, avançou e deu passe para Martial, que livre finalizou para vencer o goleiro Pope. O Burnley quase empatou na cobrança de falta do Gudmundsson, que acertou o travessão do De Gea aos 56 minutos.

Com a vantagem no placar, o United foi ganhando mais espaço em campo, uma vez que o Burnley tentava sair para o ataque. Os donos da casa chegaram com perigo aos 70 minutos, Gudmundsson avançou pela direita e cruzou rasteiro, a bola bateu no joelho do Smalling e evitou que algum jogador do Burnley pudesse finalizar.

Pogba quase marcou um golaço aos 74 minutos, o francês saiu da defesa e partiu em velocidade, se livrando dos marcadores e arriscou o chute da entrada da área, mas foi travado. Outra boa chance foi aos 87 minutos, Martial recebeu, invadiu a área e chutou forte, mas Pope fez grande defesa. O Burnley tentou pressionar no final da partida, entretanto não conseguiu evitar a derrota.

Detalhes

Escalações

Burnley: Pope; Bardsley, Tarkowski, Mee, Taylor; Gudmundsson, Cork, Hendrick (Vokes 82′), Defour, Arfield (Nkoudou 81′) e Barnes (Wells 89′)

Manchester United: De Gea; Valencia, Smalling, Jones, Young; Matic, Pogba; Mata (Fellaini 72′), Lingard (Rashford 80′), Martial (Herrera 90′) e Lukaku

Gol

Manchester United: Martial (53′)

Cartões Amarelos

Burnley: Mee (31′), Bardsley (67′) e Defour (69′)

Manchester United: Pogba (69′), Matic (76′) e Valencia (92′)

Comentários