Com 4 gols em 3 jogos, Ibrahimovic decide mais uma vez em nova vitória do United pela Premier League

» PRÉ-JOGO

O Southampton que nos últimos 3 jogos no Old Trafford dificultou a vida do United com 2 vitórias e 1 empate, dessa vez não demonstrou um jogo parelho e os Red Devils saíram com a vitória por 2×0, 2 gols de Zlatan Ibrahimovic que mais uma vez foi decisivo, mostrando que a idade dele (o que alguns achavam que poderia atrapalhar o craque) é apenas um número e que realmente veio para fazer o seu nome. Pogba finalmente fez a sua reestreia no teatro dos sonhos, demonstrando muita emoção por estar de volta a equipe que o revelou, no momento em que entrava em campo na partida de hoje.

» O JOGO

Pela primeira vez, o United demonstrou que realmente a temporada começou desde os primeiros minutos, com bastante movimentação dos homens de meio campo e muito mais objetividade, fazendo jogadas verticais que fizerem com que as primeiras chances fossem criadas na partida.

Em sua estreia, Pogba fez um início de jogo bastante versátil, trabalhando como um segundo volante, sendo a principal arma das jogas verticais da equipe, deixando Fellaini como primeiro volante, onde hoje obteve um ótimo posicionamento e efetuando diversos desarmes, Ibrahimovic saindo bastante da área introduzindo o papel de pivô na equipe e Juan Mata centralizando nas jogadas de ataque abrindo espaço para as subidas do Valencia pela direita.

Na metade do primeiro tempo, os Saints começaram a evoluir na partida, tendo nesse espaço de tempo suas melhores chances dentre os 90 minutos, foi onde a falta de entrosamento do United começou a aparecer, com um time com menos posse de bola e abusando das jogadas laterais e de linha de fundo para aproveitar as chegadas de Ibrahimovic pelo alto. E foi justamente assim que o primeiro gol saiu, com Rooney cruzando desta vez precisamente na cabeça do artilheiro que abriu o placar da partida e levou, assim como no jogo contra o Bournemouth, a vantagem para intervalo.

» SEGUNDO TEMPO

Coincidência ou não, o United levou a vantagem para o intervalo e no início da segunda etapa consegue mais um gol logo de cara, marcado de pênalti, sofrido por Shaw e convertido pelo artilheiro da Premier League e do United na temporada Zlatan Ibrahimovic. O roteiro que foi seguido a risca em relação a primeira rodada, já que nessas duas partidas primeiro gol saiu no fim do primeiro tempo e o segundo no início da etapa final.

Com a tranquilidade e folga no placar, o jogo se equilibrou, pelo fato da equipe da casa só tentar sair pro ataque quando percebesse que não iria sofrer algum perigo defensivo nessa saída e os visitantes de certa forma ficaram abalados com os dois golpes sofridos quase que seguidamente.

Com os Saints inofensivos na partida, entre os 15 e 25 minutos do segundo tempo, o United voltou a crescer na partida e com as boas chegadas de Shaw e Pogba no ataque, o lado esquerdo que vinha sendo pouco acionado na partida, começou a aparecer com Martial, que teve em 3 oportunidades a chance de ampliar o marcador mas desperdiçou.

No final do jogo, Mourinho promoveu as entradas de Herrera no lugar de Martial, Mkhitaryan no lugar de Mata e a volta de Smalling a equipe no lugar do capitão Rooney. Com isso alguns testes foram feitos: Um linha de três zagueiros formada por Blind, Smalling e Bailly, além do deslocamento de Pogba pelo lado esquerdo, o que sinaliza que podem ser variações a serem aproveitadas durante a temporada em um momento oportuno.

Detalhes

Escalações

Manchester United: De Gea, Valencia, Bailly, Blind, Shaw, Fellaini, Pogba, Mata (Mkhitaryan 75′), Rooney (Smalling 89′), Martial (Herrera 82′), Ibrahimovic.

Southampton: Forster, Cedric, Van Dijk, Fonte, Targett, Davis (Austin 67′), Romeu (Clasie 11′), Hojberg, Tadic, Redmond, Long (Rodriguez 84′).

Gols

Manchester United: Ibrahimovic (36′ e 52′ )

Comentários