O Jogo

Com equipes formadas por vários jogadores da base, principalmente, o Manchester United. Fez com que o jogo comecasse com alguns erros nos passes e com poucas criações de perigo nos 10 minutos iniciais. O newcastle com mais jogadores do time titular, tinha mais chances e chegou com mais perigo ao gol, após cruzamento recebido, Dan Gosling pegou mal na bola e mandou por cima do gol. A resposta do United veio na bela arrancada de Anderson, que invadiu a área e chutou forte, porém Robert Elliot fez grande defesa, mandando a bola para escanteio.

Tudo indicava que a partida iria ser bem movimentada, em alguns quesitos até que partida foi, mas no fator ataque, ambas equipes paravam nas defesas e, principalmente, na armação. Aos 27 minutos, o united chegou novamente com perigo, após Rooney fazer belo lançamento para Welbeck, que puxou para direita e soltou a bomba, mas Elliot fez bela defesa. Depois do chute com Welbeck, o Manchester United passou a dominar a posse de bola e criar mais jogadas de perigo, sempre com perigo.

Quando o relógio marcava 34 minutos, um lance inacreditável. Chicharito lançou para Rooney, que chegou pouco atrasado na bola, mas conseguiu tocar para chicharito, que deu passe para Cleverley, sozinho avançar, chutar no canto esquerdo, entretanto, a bola passou pertinho da trave e foi para fora. Mesmo com a chance perdida, o United não deixou de pressionar e depois de muito pressionar, conseguiu abrir o placar, com um golaço do brasileiro Anderson. O camisa 8 recebeu, deixou a marcação para trás e chutou forte de fora da área, Elliot, nada pode fazer, gol que lembrou os bons momentos vividos do brasileiro, quando o mesmo defendia o Grêmio.

Segundo tempo de gols e bolas na trave

A segunda etapa começou movimentada, com o United pressionando e chegando com perigo ao gol do Newcastle, quando o jovem Vermijl cruzou, na primeira trave, para Chicharito, o mexicano até que cabeçou bem, mas a bola apenas passou perto do gol de Elliot. O Newcastle começou a pressionar, e aos poucos chegava com perigo ao gol do De Gea. Em uma dessas chegadas, o jovem Vuckic, conseguiu se livrar da marcação e chutou cruzado, por muito pouco a bola não entrou.

Com a pressão constante do Newcastle, o Manchester United começou a marcar e pressionar, fazendo com que os “Magpies” se recuassem, com isso o United conseguia atacar mais e conseguiu ampliar o placar com Cleverley, o camisa 23 recebeu na frente da área, ajeitou e chutou colocado no canto direito de Elliot. Com a vantagem no placar os Red Devils passaram a administrar o placar, porém Alan Pardew, técnico do Newcastle, resolveu fazer duas substituições, tirando Coloccini e Ameobi por Ferguson e Papiss Cisse. E logo na primeira jogada após as substituições, Ferguson cruzou da esquerda para o meio da área, a bola passou por todos dentro da área e sobrou para Pappis Cisse, que cabeçeou para o fundo do gol do United.

Depois de conseguir diminuir a vantagem do United, o Newcastle aumentou a pressão, sempre buscando o ataque com Cisse. A resposta do United veio no contra-ataque de Rooney, que deu bom passe para Chicharito, que chutou por cobertura e infelizmente acertou, apenas, a trave do Newcastle. A cada minuto era visível o cansaço de jogadores como Rooney que volta de contusão e Anderson, que voltava após ficar algumas partidas sem jogar.

Com esse cansaço, os ataques dos “Magpies” era cada vez mais perigoso, principalmente com Cisse, que aos 81 minutos, dominou no peito, ajeitou e mandou de bicicleta, que ficou no travessão. A pressão do Newcastle diminui já que o Manchester United passou a trocar passes na tentativa de passar o tempo. A estratégia deu certo e o United se classificou para próxima fase da Capital One Cup, onde irá enfrentar o Chelsea, no Stamford Bridge.

 Detalhes da partida 

Escalações

Manchester United: De Gea, Vermijl (Tunnicliffe 77′), M. Keane, Wootton, Büttner (Brady 86′), Anderson, Cleverley, Fletcher, Rooney (Powell 76′), Chicharito e Welbeck

Newcastle: Elliot, Coloccini (Ferguson), Williamson, Perch, Tavernier, Gosling, Marveaux, Tioté (Bigirimana), Obertan, Vuckic (Cisse) e Ameobi

Gols
Anderson (44′) e Cleverley (58′) – United.
Cisse (62′) – Newcastle

Cartões amarelo
Tioté (59′) e Bigirimana (90′) – Newcastle

Por Anderson dos Santos
www.mufc.com.br

Comentários