Competições

» O JOGO

O United começou a partida tentando ter o controle, porém enfrentou algumas dificuldades em trocar passes no campo adversário, quando conseguiu ter um pouco mais de controle da bola, chegou com perigo aos 4 minutos, após boa troca de passes, Dalot cruzou para Lukaku, o belga cabeceou com perigo, mas em cima do goleiro Rui Patrício. Conseguindo ter mais posse de bola e trocando muitos passes, os red devils abriram o placar aos 12 minutos. Lingard tentou a jogada individual, mas ficou sem espaço e deu passe para Fred, o brasileiro deixou a bola para McTominay, que chutou de fora da área, marcando seu primeiro gol pelo United.

Dominando a partida, o United seguiu pressionando e teve a oportunidade de marcar o segundo gol aos 16 minutos, Lukaku levantou a bola na área, mas Lingard cabeceou com pouca força, facilitando a defesa do Rui Patrício. Os wolves não lembrava a equipe que havia eliminado o United da FA Cup, a equipe do Oeste da Inglaterra não conseguia impor seu estilo de jogo, contudo conseguiu o empate aos 24 minutos. De Gea cobrou o tiro de meta dando passe para Fred, que não conseguiu sair jogando, perdeu a bola e viu na troca de passes, Jiménez encontrar Diogo J, sem marcação para chutar na saída do De Gea e igualar o placar.

Com o empate, os donos da casa passaram a trocar passes e a pressionar os comandados do Solskjaer. A partida passou a ficar mais equilibrada, contudo jogadas de perigo só aconteceram nos minutos finais, aos 42 minutos, Neves aproveitou o corte da zaga do United e chutou com certo perigo, mas que o De Gea não teve trabalho para conseguir defender. A resposta red devil veio aos 45 minutos, Lukaku tabelou com Pogba e chutou cruzado, a bola passou com perigo, mas saiu pela linha de fundo.

» SEGUNDO TEMPO

A partida recomeçou com os Wolves pressionando, fazendo o United recuar suas linhas. Quando conseguiu se ajustar em campo, o United quase marcou aos 54 minutos, Lukaku cruzou, McTominay cabeceou com muito perigo, mas Rui Patrício fez grande defesa. O rumo da partida mudou aos 56 minutos, quando Young cometeu falta no meio de campo, recebendo o segundo amarelo e sendo expulso, vale salientar que ambos cartões foram recebidos em lances bobos, com faltas desnecessárias. A vantagem numérica em campo, deixou os donos de casa com mais liberdade.

O United passou a jogar mais recuado na tentativa de diminuir a pressão por ter um jogador a menos, enquanto que os Wolves passaram a insistir nas jogadas pelas laterais, contudo os cruzamentos não levavam perigo. Com um jogador a mais e melhor em campo, o Wolverhampton marcou o segundo gol aos 75 minutos, João Moutinho cruzou, Jiménez e Jones disputaram a bola, que sobrou dentro da área, Smalling tentou evitar que a bola ficasse com Dendoncker, mas acabou mandando contra o próprio gol.

Com um jogador a menos, a desvantagem no placar e sem conseguir jogar, o United não conseguia jogar. O Wolverhampton passou a controlar a partida e quase marcou o terceiro gol aos 89 minutos, Smalling quase marcou o segundo gol contra, Jonny cruzou e o camisa 12 cortou a bola, que não entrou graças ao De Gea. O último lance de perigo aconteceu aos 92 minutos, Jiménez deu passe para Cavaleiro, que ganhou a disputa com Lindelof, invadiu a área e acertou o travessão. A derrota deixou a equipe em situação complicada na briga pela vaga na Champions League.

Detalhes

Escalações

Wolverhampton: Patrício, Doherty, Bennett, Neves (Saiss 83′), Jimenez, Boly, Coady, Jota (Cavaleiro 73′), Moutinho, Vinagre (Jonny 74′) e Dendoncker

Manchester United: De Gea, Dalot (Andreas 83′), Young, Smalling, Lindelof, Shaw, Fred (Jones 65′), McTominay, Pogba, Lingard e Lukaku (Martial 73′)

Gols

Wolverhampton: Diogo J (24′) e Smalling (Gol contra – 75′)
Manchester United: McTominay (12′)

Cartões Amarelos

Wolverhampton: Jonny (94′)
Manchester United: Shaw (38′), Dalot (42′) e Young (52′ e 57′)

Cartão Vermelho

Manchester United: Young (57′)

Comentários