Competições

» PRÉ-JOGO

Diante de 89.845 mil pessoas no estádio de Wembley, o Manchester United chega ao 21º título da Community Shield, vencendo o Leicester (atual campeão inglês) por 2×1 com Ibrahimovic marcando o gol decisivo que levou a equipe a conquista de mais um título na sua gigantesca história e também o primeiro título da era José Mourinho nos Red Devils, no dia em que Pogba foi anunciado nas redes sociais oficiais do clube, se tornando a contratação mais cara do futebol mundial.

» PRIMEIRO TEMPO

O início da partida ocorreu num ritmo lento, de muito estudo por parte das duas equipes e também pela falta de ritmo, porém mostrando um pouco do que foi, por exemplo, o jogo do segundo turno da Premier League entre os dois times, com um Leicester trancado, bastante recuado buscando jogar no contra-ataque e o United com maior posse de bola, tentando furar a defesa dos foxes.

Mourinho escalou dois volantes na partida (Fellaini e Carrick), o que deixou o meio-campo pouco criativo e muito pesado e previsível, com isso, a partir dos 15 minutos iniciais, a equipe do Leicester começou a crescer na partida, levando perigos ao gol defendido por De Gea. A falta de criação mais uma vez afetou o United, o que já vinha acontecendo nos amistosos preparatórios e isso passa, principalmente, pela atuação do capitão Wayne Rooney, que vem passando por uma má fase e isso de certa forma, vem atrapalhando o time, já que ele desempenha essa função de armador de acordo com o esquema tático proposto.

A falta de jogo coletivo ficou evidente mais uma vez, porém, em jogada individual, o United chegou ao primeiro gol com uma arrancada espetacular de Lingard, que carregou a bola do meio campo até a área e mandou para o fundo das redes (Lingard, que já tinha marcado o gol decisivo na conquista da F.A. Cup em Wembley na temporada passada, voltou a marcar no mítico estádio inglês).

» SEGUNDO TEMPO

Na etapa final, o Leicester voltou superior novamente, com as alterações feitas por Claudio Ranieri, principalmente com a entrada de Musa, o que deixou o time um pouco mais veloz e após uma falha gravíssima de Fellaini que recuou mal para trás, Vardy aproveitou o erro e deixou o jogo empatado.

O United se manteve com uma postura muito parecida com a do primeiro tempo, com pouca criação, diversos erros de passes, sem variação tática e sem jogadas coletivas, o que arrastou o jogo, porque o Leicester se mostrava satisfeito com o empate que levaria a decisão para a disputa de pênaltis.

Mourinho efetuou algumas alterações visando dar essa criatividade que não existiu no jogo, com a entrada de Herrera e Mata por exemplo e uma mobilidade maior ao ataque com Rashford. Dois jogadores do United obtiveram atuação de destaque na partida, um deles foi o novo contratado Bailly que foi bastante seguro na defesa com recomposição rápida, ótimos desarmes anulou por diversas vezes os principais homens do ataque dos foxes. O outro foi Valencia que mais uma vez foi soberano na lateral direita, assim como nos amistosos. E foi dos pés dele que veio o cruzamento preciso na cabeça de Ibrahimovic, que com seu posicionamento sempre excelente cabeceou no canto do goleiro Schmeichel e deu o título ao Manchester United, o primeiro da temporada 2016/2017.

Uma cena que chamou a atenção, foi em relação a Mourinho e Mata, que nesse novo episódio entre os dois, resultou numa alteração do espanhol após ter jogado apenas por 29 minutos no segundo tempo, saiu nos acréscimos para a entrada de Mkhitaryan. A comissão técnica do United assim que ele foi substituído, foi explicar o motivo para o jogador, mas após ter entrado no decorrer do segundo tempo e ser substituído nos acréscimos da mesma etapa, pode ser que a relação entre ele e Mourinho possa ter sofrido mais um abalo e quem sabe, insustentável.

Detalhes

Escalações

Leicester: Schmeichel, Simpson (Hernandez 63′), Huth (Ulloa 89′), Morgan, Fuchs (Schlupp 80′), Mahrez, King (Mendy 62′) , Drinkwater, Albrighton (Gray 46’), Okazaki (Musa 46’), Vardy.

Manchester UnitedDe Gea, Valencia, Bailly, Blind, Shaw (Rojo 69′), Carrick (Herrera 61′), Fellaini, Lingard (Mata 63′) (Mkhitaryan 90+2′), Rooney (Schneiderlin 87′), Martial (Rashford 69′), Ibrahimovic.

Gols

LeicesterVardy (52′).

Manchester United: Lingard (32’), Ibrahimovic (83′).

Cartões Amarelos

Leicester: Simpson, King, Vardy.

Manchester United: Bailly.

Comentários