Competições

» PRÉ-JOGO

Após a vitória contra o Swansea, que encerrou o jejum de 8 partidas sem vitória, em partida válida pela Premier League, o técnico Louis van Gaal decidiu realizar algumas mudanças na escalação, com destaque para a voltar de Fellaini para a equipe titular.

» O JOGO

O United estava com a maioria dos jogadores titulares e enfrentava um time da terceira divisão, porém não encontrou facilidade durante o início da partida, já que a equipe do Sheffield marcava muito bem, não dando brechas para a equipe mandante e ainda foi responsável pelo primeiro lance de perigo, aos 17 minutos, quando Sammon chutou de fora área e obrigou De Gea a mandar para escanteio.

A chuva que caia no Old Trafford fazia com que a partida fosse ainda mais fria e sem grandes jogadas. Rooney perdeu uma boa oportunidade após receber passe de Darmian e ver o David Edgar e goleiro George Long se chocarem e ficarem no chão, contudo o marcador conseguiu se levantar rápido e não permitiu o chute do camisa 10 do United, aos 19 minutos.

As escassas jogadas de ataque aliada com a falta de pontaria foi o grande problema do United na primeira etapa, já a equipe do Sheffield pouco fazia além de recuar a marcação e fechar os espaços no campo. Aos 34 minutos, Herrera deu passe em profundidade para Rooney, que foi atrapalhado pela marcação do Brayford e viu o goleiro Long ficar com a bola.

No último minuto do acréscimo, Mata cobrou falta rasteira para Blind, porém o holandês isolou o chute na arquibancada, assim desperdiçando a oportunidade de abrir o placar.

» SEGUNDO TEMPO

O reinício da partida foi tão fraco quanto a primeira etapa, o primeiro lance só aconteceu aos 65 minutos, quando Memphis Depay arriscou o chute de fora da área, assustando o goleiro Long que viu a bola passar com perigo rente a trave direita. Os torcedores red devils se levantaram e aplaudiram o lance, como forma de protesto ao péssimo futebol apresentado.

O lance parece ter surtido efeito na equipe visitante, que voltou a arriscar um chute em gol, com Chris Basham que partiu do círculo central e chutou de fora da área, porém o chute saiu fraco sem assustar o goleiro De Gea. A paciência da torcida para com o time e com van Gaal acabou. Darmian e Schweinsteiger, após chutes errados, aos 68 e 74 minutos, respectivamente, viram os torcedores aplaudirem os lances.

Depay voltou a arriscar o chute de fora área, aos 89 minutos, e novamente viu a bola passar perto do gol do Sheffield. Quando o relógio contava o segundo minuto dos seis dados no acréscimo, Depay foi derrubado dentro da área por Dean Hammond, que deu um carrinho e deixou as travas no pé esquerdo do holandês. Rooney foi para a cobrança e mandou a bola no lado direito do goleiro Long, que pulou para o lado esquerdo, assim garantido a vitória red devil.

» MELHORES MOMENTOS

Detalhes

Escalações

Manchester United: De Gea, Darmian, Smalling, Blind, Borthwick-Jackson, Schweinsteiger, Fellaini (Pereira 78′), Herrera (Lingard 60′), Mata (Memphis 60′), Martial e Rooney.

Sheffield United: Long, Brayford, Basham, Coutts, Sharp (Flynn 64′), Collins, Woolford, Sammon (Done 92′), McEveley (Reed 78′), Edgar e Hammond.

Gols

Manchester United: Rooney (93′)

Comentários