Untitled-1

Pré-Jogo

Após a derrota contra o Yokohama, o Manchester United teria pela frente o time que revelou Kagawa. Uma vitória iria passar ânimo para o time, que perdeu duas das três partidas, disputadas até então.

O Jogo

Buscando não ser surpreendido como na partida anterior, o united começou pressionando o Cerezo e quase abriu o placar, antes do primeiro minuto, com van Persie, que recebeu belo lançamento de Giggs, a zaga japonesa não cortou e o holandês dominou e chutou, mas o goleiro Kim defendeu. Com mais entrosamento e toque de bola os reds atacavam com perigo a equipe japonesa, que marcava bem e procurava armar suas jogadas nos lançamentos.

Com as rápidas trocas de passes, van Persie teve a segunda chance de abrir o placar, após Young se livrar da marcação, tocar para Kagawa, que tocou na ponta direita para o holandês, que tentou encobrir o goleiro japonês, mas a bola bateu na cabeça de Kim. A primeira chance da equipe japonesa aconteceu aos 19 minutos, após Kusukami chutar da entrada da área, Lindegaard se jogou e fez uma bela defesa. A resposta do united veio na cabeçada de Phil Jones, após Kagawa arracar do meio de campo, tocar para van Persie cruzar para o meio da área, o camisa 4 cabeçeou, mas a bola passou por cima da meta do goleiro Kim.

A equipe do Cerezo passou a pressionar a saída de bola do united e aos poucos chegava com perigo, como na cabeçada de Edno, que Lindegaard defendeu, aos 26 minutos. O placar foi aberto, mas pelo Cerezo, após Smalling tocar em cima de Minamino e a bola sobrar com Sugimoto, que livrou a marcação de Büttner e chutar no contrapé de Lindegaard.

O united teve uma grande oportunidade para empatar, com Kagawa , após bela jogada iniciada pelo japonês, que tocou para Welbeck cortar o marcador e chutar, a bola bateu na trave e sobrou com van Persie, que tocou para o japonês livre, que pegou errado e mandou a bola por cima do gol. Giggs ainda arriscou um chute dentro da área, mas Kim fez grande defesa.

Segundo tempo de gols

A segunda etapa começou parecida com o primeiro tempo, com o united procurando o gol, enquanto o Cerezo buscava jogar no contra-ataque. O United teve a chance de empatar, aos 52 minutos, após Young invadir a área e ser derrubado por Yamashita. Kagawa foi para cobrança, mas o goleiro kim pulou para o lado direito e mandou a bola para escanteio. O escanteio foi cobrado, a zaga cortou, Büttner ficou com a sobra, tocou para Giggs, que cruzou para o japonês dominar e mandar a bola entre as pernas do goleiro.

Zaha por pouco não virou o placar aos 62 minutos, após bela jogada pela direita, o camisa 29 invadiu a área, driblou dois marcadores e chutou cruzado, mas pegou mal na bola e mandou pra fora. Um minuto depois o Cerezo ampliou o placar com Minamino, após receber passe de Kusukami, o camisa 13 chutou de fora da área e acertou o ângulo esquerdo do gol de Lindegaard.

O dinamarquês salvou o united aos 67 minutos, quando Maruhashi chutou de fora da área e a bola desviou em Rafael, o goleiro desviou a bola para o escanteio com as pontas dos dedos. A busca pelo empate, fez com que o United aumentasse a pressão nos minutos finais, com as principais jogadas sendo executada, em grande parte, pelos wingers.

Em uma das poucas jogadas pelo meio, Lingard recebeu o passe, livrou o marcador e chutado cruzado, a bola passou “tirando tinta da trave”. A pressão do united deu resultado e o empate veio no último minuto de jogo, após cobrança de falta errada do Cerezo, Januzaj partiu com a bola e tocou para Anderson, o brasileiro cruzou e Zaha mandou para o fundo das redes.

Detalhes

Escalações

Cerezo Osaka: Kim; Fujimoto, Maruhashi, Sakemoto, Yamashita; Kusukami (Bando 80), Yokoyama, Fabio (Kurogi 64); Edno (Edamura 64), Minamino (Kogure 87) e Sugimoto.

Manchester United: Lindegaard; Rafael (Fabio 79), Smalling, Ferdinand, Büttner (Evra 79); Young (Lingard 79), Jones (Anderson 46), Giggs (Cleverley 79), Kagawa (Zaha 58); Welbeck e van Persie (Januzaj 69).

Gols

Cerezo: Sugimoto (34′) e Minamino (62′)

United: Kagawa (54′) e Zaha (90′)

Por Anderson dos Santos
www.mufcbr.com

Comentários