O Jogo

A partida mal começou e o Manchester United já abriu o placar, com menos de 1 minuto, Rooney tocou para Valencia, que partiu pela linha de fundo e cruzou para o camisa 10 que cabeçeou abrindo o placar para o United. Aos 2 minutos o placar poderia ter sido ampliado, Welbeck tentou encobrir na saída do goleiro Cerny, mas o goleiro fez bela defesa.

E como vem acontecendo, sempre depois do United marcar um gol o time começa a tocar a bola e pouco ataca, fato que a acaba dando chances para os outros times. E com o QPR foi um pouco diferente, o time da casa tentava atacar pelas laterais, entretanto, oferecendo pouco perigo. Já o Manchester United atacava e com perigo.

A partir dos 26 minutos, o united teve quatro chances claras de gol. Aos 27 minutos, um lance pra lá de inusitado, após cobrança de escanteio a bola sobrou para o Evans, que estava na frente do gol, porém o “querido” camisa 6, mandou a bola no travessão. Um minuto depois, Rooney mandou a bola para o Phil Jones que recebeu a bola na entrada da área, ele chutou na saída do Cerny, que tirou a bola no peito do pé.

O placar só não foi ampliado por causa do goleiro Cerny, que fez duas belas defesas, seguidas, aos 30 minutos, após tentativa do Rooney, no rebote a bola ficou com o Valencia que chutou no canto esquerdo, mas o goleiro Cerny mandou a bola para escanteio. Na cobrança do escanteio, o Evans subiu mais que a zaga do QPR, dessa vez o Faurlin, em cima da linha afastou o perigo.

Após perder boas oportunidades o Manchester United caiu de produção. Já o QPR não conseguia criar nenhuma jogada de perigo. A partida seguiu fraca até o fim do primeiro tempo.

Segundo Tempo com belo gol de Carrick e controle da partida

Começo de segundo tempo e o united poderia ter ampliado o placar com Rooney, que recebeu belo lançamento, mas se atrapalhou e ainda não tocou para o Nani, que estava no sozinho dentro da área. Após o rooney perder a oportunidade o Manchester United continuou pressionando e atacando com perigo, até que aos 10 minutos, após erro de toque no setor do QPR, Carrick saiu levando do meio do campo até a entrada da área do QPR, o camisa 16 arriscou chutar e mandou a bola para os fundo das redes, fazendo 2X0 no placar a deixando os red devils mais tranquilos.

Com o gol o Manchester United passou a dominar a partida e sempre atacava com perigo. Welbeck antes de sair pra dar lugar ao Chicharito, que voltou antes do esperado, o camisa 19 foi levando a bola pela parte esquerda, puxou para o meio e bateu colocado, mas o goleiro Cerny fez bela defesa. Com o QPR pouco produzindo e praticamente se defendendo o Manchester sempre criava belas jogadas, com direito a bola na trave do Phil Jones, aos 23 minutos.

O United seguiu atacando e o QPR se defendendo, mas o campeão da segunda divisão, em alguns momentos, detia maior posse de bola, mas o setor de criação dos QPR não estava em um dia muito inspirado. Nos minutos finais o Manchester United começou a dominar a partida com a posse de bola e a troca de passes, mas não atacava como antes. O ritmo de jogo não mudo até o fim da partida e com isso o Manchester United conquistou mais 3 pontos.

Por Anderson dos Santos
www.mufc.com.br

Comentários