redarmyfc_com_Tue80635_20130723_8

Pré-Jogo

Após a goleada sobre o combinado australiano, o United vinha com confiança para conseguir sua segunda vitória na pré-temporada.

O Jogo

Emocionante foi o início da partida, com apenas 26 segundos o Yokohama abriu o placar, após Evra recuar a bola para Marquinhos, o brasileiro chutou forte, De Gea fez bela defesa, mas a bola voltou para o camisa 18 abrir o placar. Com o gol relâmpago, restava ao United reiniciar a partida e tentar reverter o placar. Aos poucos o United conseguia criar jogadas e conseguiu chegar, com perigo, ao ataque, como por exemplo no cabeçeio de Evans, aos 3 minutos, e com o chute de Januzaj, após receber cruzamento de Evra, aos 10 minutos.

A equipe japonesa pressionava muito e chegava com perigo ao gol do United, na maioria das vezes com o atacante Marquinhos. O empate do United veio em um bela jogada entre Zaha e Lingard, o camisa 29 partiu do meio de campo e tentou o cruzamento para van Persie, a zaga cortou, mas na sobra Lingard mandou a bola para o fundo das redes.

Aos poucos o United conseguia equilibrar a partida e virou o placar aos 30 minutos, após cobrança de falta de Januzaj, Tashiro tentou cortar o cruzamento e acabou mandando a bola para trás, o zagueiro ainda tentou chutar, mas a bola já havia cruzado a linha. O United ainda chegou com perigo ao gol do Yokohama, após Januzaj arriscar o chute da entrada da área, mas Enomoto mandou a bola para escanteio.

Segundo tempo

Diferente do início da partida, quem tomou a iniciativa foi o United e quase abriu o placar com Evans, que recebeu cruzamento de Zaha, mas chutou errado e perdeu a chance de ampliar o placar. Mas em uma nova falha da zaga do United, Fabio, zagueiro do Yokohama, subiu sozinho para cabeçear e empatar, o placar, após cobrança de escanteio aos 49 minutos do segundo tempo.

Um minuto depois, Welbeck teve a chance de fazer o terceiro gol, mas o camisa 19 adiantou a bola e o goleiro Rokutan pode ficar com a bola. No contra-ataque da jogada, o brasileiro Marquinhos obrigou De Gea a fazer uma difícil defesa, depois de um chute de fora da área. Por alguns minutos as equipes diminuiram a movimentação da partida e, com isso, a entrada de Kagawa na partida passou a ser o momento mais esperado. O Japonês entrou aos 62 minutos e aos 67, teve sua primeira chance, após receber passe de Young o japonês chutou fraco da entrada da área, facilitando a defesa do goleiro Rokutan.

As investidas do Manchester United passaram a ser pelas laterais do campo, principalmente, na parte esquerda, ora com Kagawa, ora com Young, porém sem grande perigo. A equipe Japonesa mesmo com uma postura um pouco mais defensiva no segunto tempo, conseguiu a virada aos 87 minutos, após Hanato receber belo lançamento, se livrar da marcação de Evra e Jones, e tocar no meio para Fujita chutar de primeira e virar o placar.

Detalhes

Escalações

Yokohama Marinos: Enomoto (Rokutan 46); Kobayashi (Amano 75), Tashiro (Kumagi 62), Dutra (Hanato 62), Fabio; Hyodo (Higa 84), Sato (Narawa 46), Nakamachi (Jeong 88), Nakamura (Fujita 20), Tomisawa (Kida 88) e Marquinhos (Ogura 69)

Manchester United: De Gea; Fabio, Jones, Evans (Smalling 67′), Evra; Anderson, Zaha (Giggs 78′), Cleverley, Lingard (Young 46′), Januzaj (Kagawa 62′) e van Persie (Welbeck 46′)

Gols

Yokohama Marinos: Marquinhos (1′), Fabio (49′) e Fujita (87′)

Manchester United: Lingard (19′) e Tashiro (Gol Contra 31′)

Por Anderson dos Santos
www.mufcbr.com

Comentários