Pré-jogo

Em jogo válido pela 27ª rodada da Premier League o Manchester United viajou até Londres para enfrentar o Crystal Palace no Selhurst Park.

O jogo

A partida não foi de encher os olho, mas foi um bom jogo. O United entrou em campo com a escalação que para muitos é a ideal, salvo Smalling, pois o titular da lateral direita é o brasileiro Rafael.

Nos primeiros minutos de partida as duas equipes se estudaram bastante, ambas tinham posse de bola, mas não conseguiam transformar essa posse de bola em oportunidades claras de gol. No primeiro tempo foram apenas três chances de gol, duas do Manchester United e uma do Crystal Palace.

A primeira chance do United aconteceu somente aos 26′. Rooney cobrou escanteio para a área, Van Persie tentou desviar para o gol, mas se enrolou com a bola e ela sobrou para Rooney que cruzou fechado e a bola tinha o endereço do gol, mas Delaney tirou e na sobra Vidic subiu e cabeceou por cima da meta.

O Crystal Palace não demorou a dar a resposta e no minuto seguinte, após cobrança de falta a bola sobrou para Parr que cabeceou para o gol, a bola ainda desviou em Smalling, mas De Gea apareceu para fazer a defesa.

A melhor chance da primeira etapa caiu nos pés de Fellaini, ou melhor, em seu pé esquerdo. O belga ficou bastante tempo afastado por conta de uma lesão e fez a sua primeira partida como titular desde de dezembro. Ele roubou a bola na intermediária adversária e foi em direção ao ataque. Ele tocou para Van Persie que sem ângulo para o chute tocou para Mata que vinha chegando, mas o espanhol percebeu que ia ser travado na hora da finalização e deu um leve toque e deixou Fellaini em ótimas condições para bater para o gol, mas sozinho ele finalizou à direita do gol de Speroni.

Nos acréscimos, Rooney cobrou falta e a bola passou à direita do gol de Speroni.

Segundo Tempo

Na volta para a segunda etapa quem demonstrou interesse pela vitória o Crystal Palace que voltou com todas as forças. Apesar da pressão o time londrino não conseguia ser contundente e criar reais chances de gols e sim era um time bastante presente na área do United e quando não tinha a bola não dava folga na marcação e até conseguiu forçar dois erros do zagueiro Vidic, mas mesmo assim não conseguiram abrir o placar.

O United tentou ser um ‘cosplay’ de Barcelona. Trocava passes, mas com pouca objetividade. Parecia que isso também não daria certo, até que a bola chegou nos pés de Januzaj, ele viu a ultrapassagem de Evra e tocou para ele. O francês deu um toque na bola e Chamakh fez a falta, só que dentro da área. Então, Van Persie foi para a cobrança da penalidade e cobrou com firmeza e categoria para abrir o placar, bola em um lado e goleiro em outro.

Após o gol, o Palace abriu mais espaço e o United estava mais confiante. Aos 65′ Fellaini teve mais uma chance. Mata tabelou com Rooney e deixou para Fellaini que finalizou para boa defesa do goleiro Speroni.

No minuto seguinte o Palace voltou a assustar. Jerome que havia acabado de entrar, recebeu a bola na intermediária, abriu espaço e chutou no cantinho e De Gea foi mais uma vez fundamental fazendo uma bela defesa.

Enfim, aos 68′ o ‘renovado’ Wayne Rooney teve a chance de mostrar o porque de seu novo salário ser 300 mil libras por semana. Juan Mata recebeu a bola e tocou para Evra que foi até a linha de fundo e cruzou para a área, a bola desviou no defensor e sobrou para Wayne Rooney que sozinho deu um voleio sem pulo e estufou a rede do Crystal Palace.

A última chance de grande perigo também foi do Manchester United. Januzaj tocou para Van Persie, o holandês puxou o contra ataque, entrou na área e finalizou no travessão.

No fim o Crystal Palace voltou a ter uma boa posse de bola, mas não conseguiu transformar em gols.

O Manchester United voltou a vencer após três rodadas e com o resultado assume a 6ª colocação na tabela. O próximo compromisso da equipe mancuniana é na terça-feira(25) contra o Olympiacos em jogo válido pela Champions League.

Detalhes

Escalações

Crystal Palace: Speroni; Ward, Parr, Jedinak, Dann, Delaney, Ince(Gayle 85′), Ledley, Murray(Jerome 66′), Chamakh(Bolasie 74′) e Puncheon

Manchester United: De Gea, Smalling, Vidic, Ferdinand, Evra, Fellaini(Fletcher 88′), Carrick, Januzaj(Giggs 80′), Mata, Rooney e van Persie(Valencia 80′)

Gols

Manchester United: Van Persie(61′) e Rooney (68′)

Cartões Amarelo

Manchester United: Vidic (59′) e Giggs(91)

Por Walter Junior
www.mufcbr.com

Comentários