Competições

» O JOGO

Com um adversário fraco, tecnicamente, o United dominou os primeiros minutos da partida, contudo não conseguia criar jogadas ofensivas que permitisse com que o time pudesse finalizar ou até mesmo chegar na área adversária. A primeira oportunidade de gol surgiu aos 9 minutos, com Marco Rojo aproveitando a bola levantada na área após cobrança de falta, porém o cabeçada do argentino passou por cima do gol.

Com Fellaini em campo, a equipe passou a buscar os cruzamentos, aos 16 minutos o belga aproveitou a cobrança de escanteio, porém cabeceou sem perigo. Lescott assustou seu goleiro, ao tenta cortar o cruzamento rasteiro do Rashford e quase acabou mandando para o próprio gol, aos 22 minutos.

Juan Mata também desperdiçou uma boa oportunidade de abrir o placar após cobrança rápida do escanteio, Rashford deu passe para o espanhol, que se livrou da marcação e finalizou de dentro da área, porém a bola saiu pela linha lateral. Coube ao jovem Rashford abrir o placar aos 31 minutos.

Após Rooney fazer o lançamento da linha do meio de campo para o equatoriano Valencia, o camisa 25 deu passe para o camisa 35 chutar de primeira e abrir o placar no Old Trafford. Aos 34 minutos, Rooney arriscou o chute da entrada da área, mas a finalização saiu sem força, facilitando a vida do goleiro Guzan.

» SEGUNDO TEMPO

O United voltou mais tranquilo para a segunda etapa, e apesar da boa oportunidade desperdiçada pelo Rashford aos 47 minutos, o time não conseguia ser ser ofensivamente forte, tendo que apostar nas jogadas pelo lado esquerdo de ataque, Memphis conseguiu criar duas boas jogadas, na primeira se livrou de dois marcadores e fez o cruzamento, porém não tinha ninguém na área. Na segunda oportunidade recebeu passe e arriscou o chute de fora da área, contudo a bola passou longe do gol, aos 57 minutos.

O Aston Villa aparentava estar perdida em campo, sem poder de criação, jogando apenas a e esperando e algum erro do United, para arriscar alguma jogada em contra-ataque, porém quase sofreu o segundo gol, após cobrança de escanteio, Mata recebeu sozinho no primeiro pau e chutou sem marcação, mas o goleiro Guzan mandou pra escanteio, aos 62 minutos.

Aos 78 minutos, aconteceu uma jogada igual, com Blind cobrando escanteio no primeiro pau e Mata arriscando o chute, porém dessa vez como forma de passe, mas não havia ninguém dentro da área. Nos minutos finais, o Aston Villa pressionou e levou perigo ao Manchester United. Gestede acertou a trave, após cobrança de escanteio, aos 83 minutos.

Memphis também mandou uma bola na trave, Martial deu passe para o holandês que invadiu a área e chutou, a bola ainda desviou no goleiro Guzan e bateu na trave, aos 90 minutos. O resultado manteve o United na briga pela vaga na Champions League, enquanto que garantiu o rebaixamento da equipe do Aston Villa, que irá disputar a Championship na próxima temporada.

» MELHORES MOMENTOS

Detalhes

Escalações

Manchester United: De Gea; Valencia, Smalling, Blind, Rojo; Schneiderlin, Fellaini; Mata (Fosu-Mensah 89′), Rooney (Lingard 66′), Memphis e Rashford (Martial 76′)

Aston Villa: Guzan; Hutton, Clark, Lescott, Cissokho; Westwood, Gueye; Bacuna, Sinclair, Richardson (Gestede 82′) e Ayew

Gol

Manchester United: Rashford (31′)

Cartões Amarelos

Aston Villa: Richardson (65′)

Comentários