Competições

» PRÉ-JOGO

Com os recém contratados disponíveis (Rojo, Falcão e Blind), além da volta de Rafael, Herrera, Shaw e Van Persie, que estavam contundidos, o Manchester United tinha tudo para conseguir a primeira vitória na temporada, afinal de contas a partida seria no Old Trafford e contando com o apoio da torcida, o United se tornaria ainda mais forte.

» O JOGO

Com um elenco miliónario e cheio de estrelas, o United iniciou a 4º rodada em busca da primeira vitória na temporada, porém encontrou um QPR com uma forte marcação pelo meio, mas com aberturas pelas laterais, de onde surgiu a primeira chance clara de gol do United, aos 7 minutos, quando Herrera cruzou rasteiro para Mata, porém a bola passou por cima do gol. A partida ficou morna, com o United insistindo em jogadas pelas laterais e com o QPR esperando um erro para puxar o contra-ataque.

O placar foi aberto aos 24 minutos, em cobrança de falta de Di María, o argentino cobrou buscando o cruzamento, porém a bola passou por todo mundo quicou e enganou o goleiro Green. Em mais uma jogada pelas laterais, Di María arrancou de antes do meio de campo, tocou para Rooney, que tentou o chute, mas foi travado, contudo a bola sobrou para o camisa 10, que deu o passe para Ander Herrera, que chutou da entrada da área e ampliou o placar, aos 34 minutos.

O terceiro gol do United foi o inverso do segundo, Herrera deu passe para Rooney que chutou rasteiro no canto direito do goleiro Green e ampliou o placar, aos 44 minutos da etapa inicial.

» SEGUNDO TEMPO

No recomeço da partida, o primeiro lance perigoso foi aos 48 minutos e com o QPR, Austin deu passe para Kranjcar chutar forte da entrada da área, porém De Gea fez excelente defesa. A resposta do United veio 7 minutos depois, o brasileiro Rafael avançou pela direita, fez o cruzamento para Juan Mata, o espanhol chutou fraco e ainda contou com o desvio de Rooney, porém sem perigo para o goleiro Green.

Na segunda chance, Mata não desperdiçou e fez o 4 gol do United na partida. Di María arriscou o chute, mas o chute saiu errado e virou um passe para Mata, que dominou e livre da marcação, chutou forte e acertou o gol. O argentino Di María encorporou o espírito da camisa 7, quando mandou um lançamento de 3 dedos para Van Persie, que chutou fraco nas mãos do goleiro Green.

Falcão García um dos estreantes, ao lado de Rojo e Blind, o colombiano teve um chance de repetir os feitos realizados no Porto e Monaco, quando estreou com gol. Blind arriscou o chute de fora da área, Green rebotou e a bola sobrou para Falcão, que sem ângulo chutou, mas o goleiro do QPR defendeu. Januzaj entrou no lugar do Di María e por muito pouco não marcou seu gol, após cruzamento de Van Persie a bola passou por todos que estavam dentro da área e sobrou para o camisa 11, que chutou forte, mas Green fez excelente defesa.

[divide icon=”square”]

Detalhes

Escalação

Manchester United: De Gea, Rafael (Valencia 67), Rojo, Evans, Blackett, Blind, Herrera, Di Maria (Januzaj 82), Mata (Falcao 67), Rooney, van Persie.

QPR: Green, Isla, Ferdinand, Caulker, Hill (Traore 46), Kranjcar, Sandro (Henry 74), Fer, Phillips, Austin (Vargas 59), Hoilett.

Gols

Manchester United: Di María (24′), Herrera (36′), Rooney (44′) e Mata (58′)

Cartões Amarelos

Manchester United: van Persie (33′)

Por Anderson dos Santos
www.mufcbr.com

Comentários