Competições

» O JOGO

Após o triunfo no derby de Manchester no último final de semana pela Premier League, os red devils voltaram para campo nesta quinta-feira (11) e receberam em Old Trafford a equipe do Milan, válido pelo jogo de ida das oitavas de finais da Europa League. Ambas os times foram para o confronto com desfalques importantes. A equipe mandante levou susto logo no começo da partida, com 5 minutos do jogo, o Milan havia feito gol após lançamento de Kjaer no campo de defesa para Rafael Leão, que ganhou na velocidade contra Bailly e conduziu a bola até entrar na área e estufar as redes do gol, sem dar chances para Henderson, contudo o bandeirinha já marcava a posição de impedimento do atacante português, dessa forma invalidando o gol.

O United reagiu pouco tempo depois, na esquerda Alex Telles cruzou na entrada da área encontrando Martial, o camisa 9 domina bem de peito e bate firme de canhota pra boa defesa de Donnarumma que espalma pra cima do gol. A equipe visitante volta a trazer perigo para os donos da casa aos 10 minutos, Calabraia bate o lateral para Kessié, o mesmo domina e antes da bola quicar no chão ele bate forte com o peito do pé pro gol, a bola vai no canto oposto onde estava Henderson e no alto, ele salta para defender mas não consegue impedir o gol, entretanto para alívio novamente dos reds o VAR é acionado e detecta o toque no braço de Kessié antes dele fazer o gol, assim é anulado o segundo gol do time italiano.

Na partida os red devils tinham a posse maior da bola, contudo foram os rossoneros que criaram as melhores chances no jogo e conseguiam chegar com mais perigo ao gol adversário, a equipe de Milão já somava dois gols irregulares e mesmo assim continuava a pressionar o Manchester United em sua própria casa. Depois de certo tempo, os reds conseguiram chegar bem na marca dos 31 minutos, Bruno Fernandes deu bela enfiada para Daniel James na ponta esquerda, ele dispara e mesmo com marcação consegue cruzar, mas antes que a bola chegasse em Martial o goleiro se joga para interceptar a bola. Aos 37 minutos Maguire teve a chance de abrir o placar em Old Trafford, depois de escanteio batido por Alex Telles a bola é desviada no caminho e sobra no segundo pau com o capitão Maguire, ele bate e acaba acertando a trave, desperdiçando uma chance espetacular para os reds.

» SEGUNDO TEMPO

A segunda etapa começou com alteração no time do Manchester United, o comandante Solskjær sacou Martial (que saiu mancando no intervalo) da equipe para a entrada do jovem atacante Amad Diallo, logo no início percebia diferença na postura dos red devils, eles subiram a marcação a fim de pressionar a saída de bola adversária. A mudança de postura pareceu ter surgido efeito, quase no circulo central Bruno Fernandes da um incrível lançamento para Diallo, o defensor não conseguiu acompanhar a velocidade do garoto e ele de costas pro gol cabeceia por cima de Donnarumma, encobrindo o goleiro a fazendo seu primeiro gol como profissional, deixando o United à frente no placar.

As coisas haviam mudado neste começo de segundo tempo, o United conseguia ter o controle e a calma que não teve no início do primeiro tempo, o Milan conseguiu chegar bem apenas aos 57 minutos quando Kessié, pelo lado esquerdo, chega com perigo e bate com a perna esquerda pro gol, Henderson faz bela defesa e manda para fora a finalização. A equipe visitante voltaria a trazer perigo ao goleiro dos reds em poucos minutos, na direita Calabria cruza para a área e Krunic salta sozinha e testa forte na bola, mas acaba indo por cima do gol. Após o bom início do segundo tempo e com o gol conquistado, a equipe de Solskjær diminuiu a intensidade e acabou vendo o Milan voltar a crescer dentro do jogo.

Na marca dos 71 minutos Greenwood faz linda jogada pela direita e cruza para a área, a bola passa por todo mundo encontrando Daniel James sozinho que finaliza de primeira, contudo ele não bate bem e acaba mandando para fora, lembrando muito o gol que Maguire perdeu ainda na primeira etapa. Aos 73 minutos o técnico Solskjær volta a mexer no time: Shaw, Williams e Fred entraram nos lugares de Daniel James, Wan-Bissaka e Bruno Fernandes. As alterações tinham como finalidade conter os avanços pelos lados do campo da equipe adversária, mas parece que não foi o suficiente para impedir, já nos acréscimos, o gol de empate da equipe italiana, após cobrança de escanteio batida por Krunic a bola acaba sobrando na área para Kjaer, que estava livre de marcação, e ele cabeceia forte por cima de Henderson para deixar tudo igual em Old Trafford.

Detalhes

Escalações

Manchester United: Henderson; Wan-Bissaka (Williams 74′), Bailly, Maguire, Telles; McTominay, Matic; Bruno Fernandes (Fred 74′), James (Shaw 74′), Greenwood e Martial (Diallo 46′)

Milan: Donnarumma; Calabria (Kalulu 74′), Kjaer, Tomori, Dalot; Meité, Kessié; Saelemaekers (Catillejo 69′), Brahim Díaz (Tonali 69′), Krunic e Rafael Leão

Gols

Manchester United: Diallo (50′)

Milan: Kjaer (92′)

Cartões Amarelos

Manchester United: McTominay (55′)

Milan: Saelemaekers (18′)

Comentários