Competições

No segundo amistoso de pré-temporada, o United viajou de Seattle até a Califórnia para enfrentar o San Jose Earthquakes, que faz péssima campanha na MLS.

Van Gaal optou por repetir as escalações do primeiro amistoso contra o América-MEX e a única mudança ficou pela participação durante os 90 minutos do goleiro Johnstone – em Seattle, Lindegaard jogou a segunda etapa.

»PRIMEIRO TEMPO

Na etapa inicial, o time foi: Johnstone; Darmian, Jones, Blind, Shaw; Carrick, Schneiderlin; Mata, Young; Depay e Rooney.

A primeira etapa mostrou muito do que já havíamos visto desses mesmos jogadores contra o América. Muita movimentação à frente – principalmente de Depay e Rooney -, alguma falta de entrosamento e uma defesa ainda exposta e pouco segura quando atacada.

Primeiramente é preciso que se faça uma observação. Blind, mais uma vez atuando como zagueiro, foi mal. Blind é talentosíssimo. Tem uma qualidade no passe que poucos jogadores na Premier League detêm. Sabe desarmar com precisão e é aquele típico jogador “mental”. Mas não. Não é zagueiro. Van Gaal disse em coletiva que quer um zagueiro canhoto para jogar do lado esquerdo da defesa, e que pra isso deve utilizar Rojo e Blind por lá. Bom…não compactuo com a ideia. O holandês vem mal nessa posição e acredito que suas habilidades são esmagadas ao lixo quando isso ocorre. Se VG tanto o quer, ou aposta no menino Blackett, ou que vá ao mercado.

E essa movimentação toda a qual me referi mais acima deu resultado. O primeiro gol do jogo saiu logo aos 31 minutos. Young avançou pela esquerda e deu passe para Mata receber no centro. O espanhol colocou à frente e bateu cruzado, Depay tentou desviar a bola e ela enganou a marcação e o goleiro da equipe norte-americana. Gol do espanhol e 1 a 0 no placar.

E se não deu para o Depay marcar seu primeiro com a camisa do United no lance no gol de Mata, o holandês o fez cinco minutos mais tarde. Recebeu um presentaço da defesa do San Jose e, cara a cara com o goleiro Bingham, só tocou para as redes. 2 a 0 United. Primeiro gol do holandês com a camisa red devil!

E para quem achava que desenhava-se uma goleada, o San Jose tão logo conseguiu diminuir. Salinas fez boa jogada pela ponta direita, deixou Schneiderlin para trás com facilidade e cruzou na medida para Alashe bater cruzado. Era a equipe americana diminuindo o placar. 2 a 1.

Em suma, na primeira etapa, o United conseguiu controlar o jogo, criar algumas boas chances e movimentar muito bem a bola.

O destaque fica para mais uma impressionante atuação de Memphis Depay. O cara simplesmente é um tanque e vem mostrando muita habilidade com as duas pernas. Promete muito na Premier League.

»SEGUNDO TEMPO

No segundo tempo, nova escalação. A não ser pelo goleiro Johnstone que permaneceu atuando, já que todos os outros goleiros do elenco estavam lesionados.

A escalação foi: Johnstone, McNair, Smalling, Evans, Blackett; Schweinsteiger, Herrera; Lingard, Pereira; Januzaj, Wilson

A segunda etapa foi bem, bem fraca mesmo. Os jogadores não mostraram tanta vontade de ampliar o placar, e como o próprio VG disse, o único momento bom da etapa final ficou por conta de Andreas.

Sim, o brasileiro vem mostrando seu potencial na pré-temporada depois de um ótimo mundial sub-20 pela seleção brasileira no mês retrasado. Jogadas rápidas, muita técnica, dribles curtos…e, quem diria, gol de cabeça!

Depois de minutos e mais minutos de um futebol insosso praticado pelos jogadores do United, Herrera deu de calcanhar para Lingard, que cruzou na cabeça de Pereira. O moleque cabeceou como um belo de um centroavante, no contrapé do goleiro Bingham. 3 a 1 United.

Entretanto, como VG sentenciou no pós-jogo, foi apenas isso. Schweinsteiger não foi bem. Januzaj vem passando cada vez menos confiança (alô, Giggs pede a 11 de volta!) e Wilson também não dando muitas esperanças de vê-lo como centroavante – perdeu alguns gols que um 9 categórico não perderia.

Agora, o próximo compromisso da pré-temporada do clube está marcado para dia 25 de julho, às 17 horas no horário de Brasília. O adversário? Que tal o Barcelona?!

Sim, enfrentaremos a equipe culé no próximo sábado! Então fique ligado no nosso twitter (@mufcbr) que transmitiremos minuto a minuto as emoções da partida!

Forte abraço e até lá!

[divide icon=”square” color=”#000000″]

Detalhes

Escalações

Manchester United: Johnstone; Darmian (McNair 45′), Jones (Smalling 45′), Blind (Evans 45′), Shaw (Blackett 45′); Carrick (Lingard 45′), Schneiderlin (Schweinsteiger 45′); Mata (Herrera 45′), Young (A. Pereira 45′); Depay (Januzaj 45′) e Roney (Wilson 45′)

San Jose: Bingham, Wynne (Koval 46′), Bernardez (Renato 46′), Goodson (Silva 46′), Stewart (Francis 46′), Alashe (Stephenson 62′), Pierazzi (Pelosi 46′), Cato (Coutadeur 46′), Garcia (Thompson 46′), Salinas (Barrera 46′), Amarikwa (Sherrod 46′) (Jahn 71′)

Gols

Manchester United: Mata (31′), Depay (36′) e Andreas (61′)
San Jose: Alashe (41′)

Por Breno Zonta
www.mufcbr.com

Comentários