Competições

» PRÉ-JOGO

Manchester United e Real Madrid se enfrentaram em uma partida histórica em Michigan. A plateia de um pouco mais do que 109 mil pessoas viram os Red Devils vencerem os Merengues por 3×1 e mais uma vez viram o encontro de Cristiano Ronaldo com o seu antigo clube.

» O JOGO

Os Red Devils foram os verdadeiros donos da primeira etapa. Trocavam bons passes e dominavam o Real Madrid em seu próprio campo de defesa. Com maior posse de bola e maior presença ofensiva, o Manchester United não demorou a abrir o placar.

Aos 20′ o Manchester United fez uma jogada bem trabalhada que resultou em gol. Fletcher roubou a bola no meio e passou para Rooney que devolveu de calcanhar para Fletcher, o escocês tocou para Welbeck que rolou para Ashley Young chutar no canto direito de Casillas e abrir o contador.

Infelizmente para o Manchester United, o Real Madrid não demorou a reagir. Gareth Bale arrancou pela esquerda e deixou Michael Keane para trás, o jovem zagueiro não teve outra alternativa e derrubou o galês, porém dentro da área. O mesmo Bale foi para a cobrança e empatou a partida.

Minutos depois Bale voltou a tirar o fôlego dos torcedores mancunianos. Após cruzamento da esquerda ele executou uma bonita bicicleta, porém De Gea fez a defesa. Passado o susto o Manchester United voltou a ficar à frente do placar. Young cruzou para Wayne Rooney e sem o desvio do Shrek a bola morreu no fundo do gol de Casillas e os Red Devils foram para os vestiários com a vantagem.

» SEGUNDO TEMPO

O Real Madrid voltou para a segunda etapa decidido a buscar o empate e o Manchester United com muitas alterações acabou perdendo o entrosamento e a movimentação do primeiro tempo.

Gareth Bale era o melhor jogador do Real em campo e comandava os ataques da equipe. Mas apesar da posse de bola, o Real não conseguiu criar boas chances de gol. Aos 2′ minutos do segundo tempo, Bale passou por Keane e tocou para Isco que chutou para o gol, a bola foi amortecida pro Jones e De Gea fez mais uma boa defesa. A outra chance do Real foi novamente com Gareth Bale, o galês cobrou falta e ela morreu no pé da trave.

O United apesar de não ter muitas chances, foi eficiente. No fim da partida, Kagawa cruzou para a área e Chicharito apareceu antes de Casillas para mandar para o gol e colocar o Manchester United na final do torneio.

[divide style=”dots” icon=”square”]

» VEJA OS GOLS DAS PARTIDAS

https://www.youtube.com/watch?v=6S5Gzs9AabY

DETALHES

Escalações

Manchester United: De Gea; M Keane, Jones, Evans (Blackett 46); Valencia (Lingard 62), Herrera (Cleverley 46), Fletcher, Young (Shaw 46); Mata (Kagawa 62); Rooney (Hernandez 62), Welbeck (Zaha 41)

Real Madrid: Casillas; Ramos, Pepe, Nacho; Arbeloa (Ronaldo 74), Illarmendi, Alonso (De Tomas 56), Carvajal; Modric, Bale; Isco

Gols

Manchester United: Young (21′ e 37′) e Chicharito (80′)
Real Madrid: Bale (37′)

Por Walter Junior
www.mufcbr.com

Comentários