Competições

» PRÉ-JOGO

Pouco mais de uma semana após ser derrotado pelo Midtjylland, vencer o Shrewsbury Town pela FA Cup, o United voltou ao Old Trafford, após 4 partidas, para enfrentar a equipe dinamarquesa em busca da classificação para Oitavas de final da Europa League. Assim como na semana passada, um novo jogador se contundiu durante o aquecimento, Anthony Martial teve que ser substituído pelo jovem Marcus Rashford, o resto é história.

» O JOGO

Mesmo com os jogadores contundidos e um time bem remendado, o United partiu pra cima do time adversário, com velocidade pelas laterais, com Memphis apostando nos dribles, pelo lado esquerda, e Varela apoiando com os cruzamentos, pela direita. Apesar do domínio da partida, o primeiro lance de perigo red devil só aconteceu aos 15 minutos, com o jovem Rashford, que arriscou o chute da entrada da área, que foi colocado para escanteio pelo goleiro Andersen.

O ritmo da partida seguia intenso, com o United mais ofensivo, até pela obrigação de marcar gols, porém ambas equipes não conseguiam finalizar com precisão. O Midtjylland jogava de forma mais recuada, esperando um contra-ataque para pudesse levar perigo com jogadas velozes e troca de passes, e foi assim que abriram o placar aos 27, após roubada de bola de Bodurov, Hassan tocou para Ureña, que lançou para Sisto, se livrar da marcação e chutar cruzado.

Diferente de alguns jogos, o ritmo e atitude do United, após sofrer o gol, cresceram em vez de diminuir, como acontecia normalmente. Schneiderlin deu passe para Memphis, que dentro da área, chutou cruzado, porém sem força, aos 30 minutos. Dois minutos depois veio o empate, Memphis recebeu passe do Juan Mata, invadiu a área e tentou o cruzamento rasteiro, Bodurov tentou o corte, mas acabou mandando a bola para a própria meta.

Em bom momento, o United teve algumas chances de virar o placar, a primeira foi com Schneiderlin, que aproveitou o recuo do volante Sparv e arriscou uma bicicleta, porém a bola quicou e saiu pela linha de fundo, aos 38 minutos. Um minuto depois, Memphis voltou assustar com o chute de fora da área, que passou rente a trave direita. Aos 41 minutos, Schneiderlin aproveitou o cruzamento do espanhol Herrera e cabeceou, porém parou na trave.

No mesmo minuto, Herrera sofreu carrinho, dentro da área, do zagueiro Romer. Juan Mata foi para cobrança, mas chutou sem força no canto direito do goleiro Andersen, que fez a defesa sem dificuldades, garantindo que a equipe dinamarquesa fosse para o intervalo com a classificação.

» SEGUNDO TEMPO

Os comandados do van Gaal voltaram mais ofensivos e apresentando um futebol da época de glórias do Sir Alex Ferguson. Logo aos 48 minutos, Memphis cruzou certeiro na cabeça do Herrera, que mandou a bola passando muito perto da trave esquerda. Após a pressão nos primeiros minutos, o United passou a trabalhar mais a bola com passes e movimentação, em busca de abrir a zaga adversária.

Quando voltou a atacar com perigo, a equipe red devil virou o placar, aos 63 minutos, com o jovem Rashford, que iniciou a partida no lugar do Martial. Herrera cruzou a bola pela direita, que quase saiu pela linha de fundo, mas foi devolvida por Juan Mata para o centro da área, onde o jovem camisa 39 mandou para o fundo do gol.

Memphis quase marcou um golaço, aos 69 minuntos, após recuperar a bola dentro da área, deixar o zagueiro Bodurov no chão e tentar encobrir o goleiro Andersen, que afastou a bola. A noite parecia estar predestinada à Rashford, que marcou terceiro gol do United após receber passe do uruguaio Varela e chutar de primeira, aos 74 minutos. O jovem atacante ainda desperdiçou, aos 77 minutos, o cruzamento do Memphis, cabeceando por cima do gol.

A maioria das jogadas passavam pelo holandês Memphis Depay, e foi dos pés dele que surgiu o quarto gol. O camisa 7 do United tentou o chute, porém a bola bateu na mão do Kian Hansen, o árbitro István Vad marcou a penalidade. Ander Herrera foi para cobrança e chutou forte no lado direito do goleiro, que pulou para a esquerda, aos 86 minutos.

O holandês estava “endiabrado”, conseguiu causar a expulsão do Andre Romer, depois de ser puxado pela camisa, no meio do campo aos 88 minutos. No minuto seguinte, tabelou com Rojo, foi levando da esquerda para o centro e chutou de fora da área, acertando o canto direito do Andersen, que se esticou e não teve como evitar o quinto gol e a classificação do Manchester United.

» MELHORES MOMENTOS

Detalhes

Escalações

Manchester United: Romero, Varela, Carrick, Blind, Riley (Rojo 79′), Schneiderlin, Herrera (Poole 91′), Lingard (A.Pereira 86′), Mata, Memphis e Rashford

Midtjylland: Andersen, Romer, Hansen, Bodurov, Novak, Sparv, Hassan (Kadlec 67), Olsson (Pusic 79), Poulsen, Sisto e Urena (Onuachua 45)

Gols

Manchester United: Bodurov (Gol contra 32′), Rashford (63 e 74′) Herrera (86′) e Memphis (90′)
Midtjylland: Sisto (27′)

Cartões Amarelos

Manchester United: Lingard (72′)
Midtjylland: Novak (35′), Romer (42′ e 89′) e Hansen (87′)

Cartões Vermelhos

Midtjylland: Romer (89′)

Comentários