Passada a data FIFA, Stoke City e Manchester United se enfrentaram na tarde deste sábado (09) no bet365Stadium, pela 4ª rodada da Premier League. O United saiu atrás no placar e virou a partida com gols de Rashford e Lukaku, porém Choupo-Moting, que foi o cara da partida, equalizou o placar.

Matic sobe para disputar bola área. Jogo truncado. (Foto: Richard Heathcote/Getty Images)

 

Início quente e gols nos minutos finais

A partida começou à todo vapor. Em apenas três minutos de partida, ambos os times tiveram chances perigosas. Com mais posse de bola, o United era quem criava mais situações de gol, e Rashford desperdiçou boa oportunidade de abrir ao placar na marca de vinte e quatro minutos, quando finalizou e Butland defendeu com os pés. Dois minutos mais tarde, quem assustou foi o meia-atacante Shaqiri, que obrigou De Gea a fazer bela defesa em chute forte de longa distância. Na reta final da primeira etapa, Darmian vacilou e deixou Diouf sozinho para cruzar para a finalização de Choupo-Moting, que empurrou pras redes e inaugurou o marcador para os donos da casa. Mas a resposta veio rápido. No lance seguinte, em escanteio cobrado pela ponta-esquerda, Matic desviou na primeira trave e sobrou para Pogba, que cabeceou para o gol. No entanto, a bola resvalou em Rashford e o gol de empate lhe foi creditado pela Premier League. Tudo igual no placar.

Lukaku vira, mas Choupo-Moting empata e põe justiça no placar final

Empolgado pelo gol de empate no último lance da primeiro tempo, o United recomeçou a partida tentando a virada. E conseguiu. Darmian roubou a bola de Shaqiri e ligou contra-ataque, Mkhitaryan descolou linda enfiada de bola para Lukaku, que finalizou e Butland fez milagre, mas no rebote, o centroavante red devil não perdoou e colocou para dentro da caixinha aos doze minutos.

Lukaku comemora seu quarto gol em quatro jogos. (Foto: Richard Heathcote/Getty Images)

Mas, seguindo a tônica do primeiro tempo: quem faz, leva. Em um ataque rápido, o Stoke quase empatou. Porém, De Gea protagonizou a defesa da temporada e com puro reflexo, salvou o United. No entanto, na batida de escanteio, Shaqiri levantou a bola na área, Jones se desequilibrou e deixou Choupo-Moting sozinho para cabecear e empatar a partida. Após perder a liderança do jogo, o United buscou o gol da vitória para manter o 100% de aproveitamento no campeonato e ele quase saiu. Martial cruzou nos pés de Lukaku, que finalizou de chapa e a bola subiu. No último minuto de partida, em bola alçada na área, Zouma cabeceou contra a própria meta e quase deu de bandeja os três pontos para os diabos vermelhos. No final das contas, um ponto para cada lado e empate mais do que justo no bet365Stadium.

O Manchester United volta à campo na próxima terça-feira (12), contra o Basel, pela primeira rodada da fase de grupos da Champions League, em Old Trafford, às 15h45 (Horário de Brasília.

Comentários