Como todo jogo de pré-temporada, o Manchester United foi para o jogo com um time bastante alternativo, visando dar ritmo aos jogadores e avaliar alguns, para ter certeza com quem poderá contar para a temporada que irá vim.

O jogo começou bem devagar, com o United travado no meio e sem conseguir agredir.

O Manchester United contava com a estréia do Kagawa no time titular, que aparecia mais pela esquerda e caindo pelo meio, que é sua caracteristica. As primeiras chances de gol foram do United, com Blackett aos 2 minutos e Chicharito, mas sem levar perigo ao gol do time Africano. Os dois times errando muitos passes e o jogo seguia sem nenhum brilho, principalmente pelo lado vermelho. Valencia pela direita, foi o que mais tentou no primeiro tempo, com sua jogada caracteristica de linha de fundo, sempre à procura do isolado Chicharito, que pouco fez no meio de toda a zaga adversária.

Aos 28 minutos, enfim o United consegue uma jogada de mais perigo, Valencia recebe passe de Chicharito e marca, mas o mexicano estava em posição ilegal e o gol foi anulado. Após isso, o jogo melhorou um pouco. O Manchester United conseguia trocar passes à frente da área adversária, mas pouco conseguia invadir a área do time Ajax. Aos 33, Chcharito recebe belo cruzamento de Valencia e cabeceia bem para o goleiro Westerveld fazer uma grande defesa. E foi só isso, um jogo bem fraco na primeira epata, com poucas chances e com Kagawa ainda um pouco escondido, o que é normal para um jogador que acaba de chegar. Destaque para Valencia que é sempre uma boa opção para desafogar o jogo, quando está preso no meio.

United volta melhor, mas sai apenas com um empate.

Logo na volta para o segundo tempo, Chicharito recebe boa bola, mas finaliza mal e perde boa oportunidade. Os 10 minutos iniciais já mostraram um Manchester United mais ligado no jogo, com o time jogando com mais velocidade, com os volantes jogando mais à frente. Scholes com liberdade chegando bastante perto dos atacantes, Valencia bem ativo pela direita e Kagawa tentando aparecer melhor no jogo. Aos 15 minutos, Chicharito e Kagawa invertem as posições e o atacante mexicano coloca a bola na cabeça do Kagawa que quase marca seu primeiro gol com a camisa do United. Aos 22 minutos, SAF promove algumas substituições, entre elas a estréia do Nick Powell, contratado a pouco tempo.

Com a saida de Valencia e Chicharito, o time perdeu seus dois melhores jogadores na partida e principalmente, perdeu o jogo pela direita. O jogo deu uma esfriada, voltando a ser o mesmo do primeiro tempo. Depois de ver que suas mudanças não deram muito certa, o SAF tira o Kagawa, que fez um jogo discreto, mas o que fez, mostrou muita qualidade, habilidade e inteligência com a bola nos pés, tem tudo pra nos ajudar muito e põe um centro-avante de oficio, Berbatov. Mudança que também não funcionou como esperávamos. E aos 40 minutos, em uma cobrança de escanteio, o Ajax abre o placar para a festa da torcida local, Van Graan que acabava de entrar marcou o primeiro gol do jogo. United não desistiu do jogo e foi pra cima com tudo nos minutos finais, criando algumas boas chances com Powell, Tunniclifee e Bebé. E em mais uma boa jogada pela direita, que foi por onde saiu as melhores chances do United no jogo, Tunniclifee cruza e Bebé aproveita e empata o jogo. E assim terminou o jogo. Empate em 1×1.

 Detalhes da Partida 

Escalação: Amos, Ferdinand, Wootton, Vermijl, Blackett, Carrick, Scholes(Powell), Anderson(Lingard), Kagawa(Berbatov), Valencia(Tunniclifee) e Hernandez(Bebé).

Gols:
Ajax Cape Town: Van Graan ’86 
Manchester United: Bebé ’90

Por Victor de Freitas
www.mufc.com.br

Comentários