Competições

» PRÉ-JOGO

Uma vitória ajudaria o United a se manter mais próximo dos líderes, já que o Manchester City havia perdido para o Stoke City. Um resultado positivo traria uma tranquiladade para o clube que não vem apresentando um bom futebol.

» O JOGO

Assim como nas últimas partidas, o United começou tocando a bola entre os defensores e volantes, porém sem objetividade que acompanha o clube desde o começo da temporada. A primeira chance de gol foi do United, aos 8 minutos, quando o jovem McNair cruzou e viu Fellaini subir mais que a zaga adversária e cabeçear por cima do gol.

Já a primeira oportunidade do West Ham surgiu após um toque errado do Blind, que entregou a bola para Mark Noble, avançar e dar belo passe para Moses bater na saída de De Gea, porém o espanhol fez boa defesa, aos 11 minutos. Os red devils chegaram novamente com perigo aos 15 minutos, quando Lingard cruzou da esquerda e Fellaini tocou de cabeça para Martial, o francês dominou e chutou em cima do marcador.

Os Hammers tiveram duas oportunidades de abrir o placar, aos 21 e 22 minutos, porém pararam na trave. Na primeira oportunidade Aaron Cresswell fez o cruzamento, De Gea tentou segurar, mas acabou soltando, Smalling tentou cortar e chutou a bola na cabeça do Zárate e acabou batendo na trave direita. A segunda oportunidade veio em cobrança de escanteio, Zárate mandou na cabeça do Reid, que acertou a trave direita do gol do United.

» SEGUNDO TEMPO

Na volta do intervalo, as equipes voltaram a apresentar um futebol fraco, e diferentemente do início da partida, o primeiro lance de perigo foi por conta do West Ham, com uma bela jogada, aos 53 minutos, do argentino Mauro Zárate, que partiu pela esquerda, limpou dois marcadores e chutou forte, contudo De Gea fez a defesa sem perigo. O argentino voltou assustar aos 55 minutos, após receber ótimo passe do atacante Carroll, o camisa 10 ficou sozinho com De Gea, mas chutou a bola pra fora.

O United passou a trabalhar mais a bola e chegar mais na área do West Ham. Aos 59 minutos, o belga Fellaini perdeu grande oportunidade de abrir o placar, após receber passe do Martial, o camisa 27 chutou, porém viu o goleiro Adrián fazer bela defesa. Juan Mata, aos 65 minutos, tabelou com Martial, mas acabou chutando sem perigo. Schweinsteiger também teve sua oportunidade quando Martial invadiu a área e tentou driblar a zaga dos Hammers, a bola acabou sobrando para o alemão que chutou por cima do gol.

Na volta do intervalo, as equipes voltaram a apresentar um futebol fraco, e diferentemente do início da partida, o primeiro lance de perigo foi por conta do West Ham, com uma bela jogada, aos 53 minutos, do argentino Mauro Zárate, que partiu pela esquerda, limpou dois marcadores e chutou forte, contudo De Gea fez a defesa sem perigo. O argentino voltou assustar aos 55 minutos, após receber ótimo passe do atacante Carroll, o camisa 10 ficou sozinho com De Gea, mas chutou a bola pra fora.

O United passou a trabalhar mais a bola e chegar mais na área do West Ham. Aos 59 minutos, o belga Fellaini perdeu grande oportunidade de abrir o placar, após receber passe do Martial, o camisa 27 chutou, porém viu o goleiro Adrián fazer bela defesa. Juan Mata, aos 65 minutos, tabelou com Martial, mas acabou chutando sem perigo. Schweinsteiger também teve sua oportunidade quando Martial invadiu a área e tentou driblar a zaga dos Hammers, a bola acabou sobrando para o alemão que chutou por cima do gol.

Com a entrada de Depay no lugar do Schweinsteiger, o United ganhou mais velocidade nos contra-ataque. O holandês fez grande jogada aos 79 minutos, quando avançou pela esquerda, se livrou de 3 marcadores e tabelou com Fellaini, na continuiação da jogada o camisa 7 deu belo passe para Martial, que chutou cruzado e viu a bola fazer uma curva antes de sair pela linha de fundo. Sem grandes jogadas e oportunidades a partida terminou empatada no teatro dos sonhos.

» MELHORES MOMENTOS

[divide icon=”square”]

Detalhes

Escalações

Manchester United: De Gea; McNair, (Varela 46′), Smalling, Blind, Darmian; Schneiderlin (Carrick 44′), Schweinsteiger (Memphis 73′); Mata, Fellaini, Lingard e Martial

West Ham: Adrian, Tomkins, Reid, Ogbonna, Cresswell, Song (Obiang 78′), Noble, Kouyate, Moses (Antonio 37′), Zarate (Jenkinson 88′) e Carroll

Cartões Amarelos

Manchester United: Carrick (85′)

Comentários