Pré- jogo

Manchester United e Benfica disputadíssimo nesta terça-feira, na Inglaterra, pela quinta rodada da fase de grupos da Uefa Champions League. O time português abriu o placar, o Manchester buscou a virada, mas o Benfica alcançou o empate em 2 a 2. A igualdade já classificou a equipe portuguesa para as oitavas de final.

O Jogo

Assim como veio tendo declarações dos jogadores do Benfica prometendo ao longo da semana que o Benfica iria pra cima do United, e foi assim os Portugueses não se intimidaram em jogar no Old Trafford e logo aos 3 minutos na sua primeira jogada conseguiu abrir o placar, Gaitán recebeu a bola dentro da área pela direita, ele levou a bola para a canhota e chutou, Jones tentando afastar na boca do gol e acabou mandando contra o próprio patrimônio, com esse “gol relâmpago” o Benfica começou melhor na partida e aproveitando os espaços deixados pelo Manchester United.

O Manchester começou totalmente apático no jogo, errando muitos passes no início de partida e não conseguindo progredir com sucesso rumo ao gol do Benfica. Aos 14 minutos que o United esboçou uma reação, Nani, em disparada pelo meio, deixa dois marcadores para trás e foi derrubado na entrada da grande área por Garay. E novamente Nani aos 29 minutos, apareceu com liberdade pela esquerda, descolou um cruzamento para o meio, e em posição duvidosa, Berbatov vai no segundo andar e cabeceia para o fundo do gol de Artur.

E o jogo começou a esquentar era “lá e cá”, aos 31 minutos da primeira etapa Young fica de frente com o goleiro do Benfica e chuta rasteiro, o brasileiro, Artur estica a perna esquerda e faz uma grande defesa, salvando o que poderia ser o segundo gol dos Red Devils. E logo após foi a vez do nosso goleirão De Gea salvar, Gaitán recebeu a bola dentro da área e chutou cruzado, o Espanhol voa no canto direito e espalma para o lado. Fim do primeiro tempo e igualdade no placar, o árbitro Cüneyt Çakr teve trabalho. 2° Tempo

Segundo tempo de pressão, empate, virada e decepção Mancuniana

E a segunda etapa começou a todo vapor, United atacava e o Benfica defendia, e vice-versa. Aos 11 minutos, Fabio recebeu a bola com liberdade dentro da área e tentou uma cavadinha por cima do goleiro Artur, que salvou o Benfica. E aos 15 minutos nem Artur e muito mesmo a zaga, lusitana, conseguiram evitar  o segundo gol do Red Devils, Evra faz um lindo cruzamento para o meio e Fletcher apareceu sozinho e chutou de direita, o goleiro brasileiro defendeu e no rebote, o escocês mandou a bola para o fundo do gol, VIRA-VIRA dos Red Devils para cima do Benfica !

Mas não durou muito essa euforia por parte da torcida do United , e um minutos após, De Gea entrega de presente para Bruno César e o brasileiro invade a grande área pela esquerda e cruza rasteiro para o meio, Jones corta parcialmente e a bola sobra limpinha para Aimar, que empurra para o fundo do gol aberto.

O Manchester até tentou pressionar, mas pecou demais no sistema tático,pois o time não conseguia encaixar nenhum ataque perigoso depois do gol do Benfica de empate, Berbatov ficou várias vezes em impedimento. Quando “conseguiu” ficar em posição legal, o búlgaro deperdiçou grande passe de Fábio e mandou para fora, decretando o 2 a 2 na Inglaterra.

Por Gláucio Monteiro
www.mufc.com.br

Comentários