» O JOGO

Buscando a classificação e uma vitória para não ter chegar ao terceiro jogo seguido sem vitória, o United enfrentou o Young Boys com várias mudanças. Jogando em casa e enfrentando o último colocado no grupo, o United pressionou nos minutos iniciais Rashford teve a primeirta grande oportunidade aos 4 minutos, Shaw tentou o passe para Lingard, mas a bola chegou para o Rashford que tentou encobrir o goleiro adversário. No minuto seguinte, Fred recebeu passe do Martial, pelo lado esquerdo e chutou por cima da meta do Young Boys.

Recuado, o Young Boys não oferecia perigo, até por ter os contra-ataques desarmados. Enquanto que o United pressionava muito, contudo não conseguia finalizar em gol, apesar das ótimas oportunidades criadas e chegadas a área adversária. Os red devils por muito pouco não abriram o placar aos 25 minutos, quando Rashford recebeu passe do Lingard e chutou forte de fora a área, a bola passou com perigo.

O United controlava tranquilamente a partida, subia ao ataque com perigo com Martial e Rashford, contudo o jogador francês passou a ser mais marcado e acabou ficando sem tanto espaço, o que abriu mais espaço para o camisa 10 do United, que passou a infernizar a zaga adversária, na sua melhor jogada aos 40 minutos, avançou com muita velocidade pelo lado esquerdo, entrou na área driblando os marcadores e dando o passe para trás, contudo ninguém apareceu para finalizar.

» SEGUNDO TEMPO

A segunda etapa começou e o domínio red devil continuou, porém com poucas chegadas ao gol. O placar poderia ter sido aberto aos 55 minutos, o United teve a oportunidade de abrir o placar, após confusão a bola sobrou na área, o goleiro Von Ballmoos se enrolou com Lingard e a bola sobrou para Fellaini, mas o belga finalizou de qualquer jeito e mandou por cima do gol. Com mudanças o United voltou a atacar com perigo, aos 65 minutos, Pogba fez uma bela jogada e deu passe para o Rashford, que chutou da entrada da área, com a bola passando saindo pelo lado direito.

O Young Boys só não abriu o placar graças a uma milagrosa defesa do De Gea, após cobrança de escanteio, Fassnacht chutou de fora da área, a bola desviou e quase enganou o espanhol que defendeu em cima da linha, aos 70 minutos. Três minutos depois, Fellaini cruzou da direita, Lukaku desviou e levou perigo ao Von Ballmoos. Após o lance de perigo, o time suiço passou a ter mais posse de bola e até pressionar o United, mas foi algo que não durou muito tempo.

O gol red devil saiu do pior jogador que já vestiu a camisa do United, Fellaini ficou com a bola após Lukaku receber belo lançamento do Shaw, se livrou do marcador e chutou cruzado. Após o gol, em mais uma atitude ridícula, José Mourinho jogou várias garrafas de água no chão, comemorando um gol do pior jogador da história do United, nos minutos finais contra o pior time do grupo, que garantiu a classificação do United para as oitavas de final.

Detalhes

Escalações

Manchester United: De Gea, Valencia (Mata 72′), Jones, Smalling, Shaw; Matic, Fred (Pogba 64′), Fellaini; Martial, Lingard (Lukaku 64′) e Rashford

Young Boys: von Ballmoos, Mbabu, Camara, von Bergen (Garcia 46′), Benito; Lauper, Aebischer, Sow; Assalé, Sulejmani (Fassnacht 66′) e Nsame (Ngmaleu 83′)

Gol

Manchester United: Fellaini (91′)

Cartões Amarelos

Manchester United: Matic (21′) e Valencia (72′)

Young Boys: Camara (47′) e Benito (60′)

Comentários