Competições

» O JOGO

Na tentativa de voltar a vencer após três partidas, o United foi até a Holanda enfrentar a equipe do Az Alkmaar, em partida da segunda rodada da Europa League. Com desfalques e poupando outros jogadores, Solskjaer mandou para campo uma equipe mista, enquanto que a equipe holandesa, confiando em seu ótimo momento no campeonato nacional, foi com força máxima, o que não garantiu um bom início de jogo.

Um início bastante fraco e sem oportunidades, o AZ chegou a balançar as redes com Boadu aos 10 minutos, mas o assistente marcou o impedimento, na jogada que teve origem após cobrança de escanteio. O lance deixou os donos da casa mais soltos em campo, contudo com pouca coisa além de não jogar recuado. Inclusive sendo responsáveis pelo primeiro lance de perigo 14 minutos, Idrissi chutou rasteiro, que o De Gea mandou para escanteio.

O United demorou para poder chegar com perigo ao ataque, o que só foi possível quando Daniel James que estava de centroavante, trocou de lugar com Greenwood, que atuava como ponta direita. A equipe red devil que já abusava dos cruzamentos, passou a ter mais movimentações pelo lado direito e pouco após a mudança de posições, James cruzou rasteiro da direita e Greenwood chutou de primeira, contudo em cima do marcador, desperdiçando ótima oportunidade, aos 30 minutos.

A partida ficou amarrada, o AZ Alkmaar esperando por um erro do United, que por sua vez não tinha conseguia criar pelo meio e seguia insistindo em cruzamentos que não ofereciam perigo, seja por não ter ninguém para aproveitar ou por quando chegar, não ter espaço para finalizações. Com apenas uma lance de perigo e poucas paralisações, a primeira etapa encerrou sem acréscimo, gols ou bom futebol.

» SEGUNDO TEMPO

A segunda etapa iniciou parecendo continuação do primeiro tempo, pouca movimentação e um futebol muito fraco. Sentindo a dificuldade de jogar do adversário o AZ passou a ter mais posse de bola no ataque e iniciou uma pressão contra o United, que por sua vez tinha muita dificuldade em saber o que fazer com a bola e sem espaços, trocava muitos passes em seu campo de defesa.

Os donos da casa tiveram algumas oportunidades de abrirem o placar, mas De Gea em dia de grande atuação fez duas defesas importantes, a primeira aos 70 minutos, quando Wijndal recebeu passe na esquerda e chutou forte de fora da área, apesar do perigo o De Gea fez grande defesa. A segunda defesa aconteceu aos 77 minutos, Sugawara avançou pelo e passou para Idrissi na esquerda, limpar a marcação e chutar cruzado, parando no goleiro espanhol.

Mesmo com a entrada de Rashford, o United não tinha forças ofensivas e não conseguia finalizar em gol, a melhor oportunidade aconteceu aos 83 minutos, quando Lingard recebeu passe dentro da área e chutou de primeira, contudo para fora. O AZ teve mais oportunidades e mais posse de bola, entretanto as finalizações não eram boas e a equipe desperdiçou boas oportunidades de vencer em casa.

Detalhes

Escalações

AZ Alkmaar: Bizot, Sugawara, Vlaar, Wuytens, Wijndal; Midtsjo, Koopmeiners, De Wit (Hatzidiakos 86′), Idrissi, Stengs e Boadu

Manchester United: De Gea, Dalot, Lindelöf, Rojo, Williams; Fred, Matic; Gomes, Greenwood (Lingard 76′), Mata (McTominay 82′) e James (Rashford 62′)

Cartão Amarelo

Manchester United: Dalot (90′)

Comentários