» O JOGO

A partida começou bem equilibrada, com forte marcação e poucos espaços para jogadas de velocidade. O United conseguia tocar bem a bola e teve uma boa oportunidade, em uma das trocas de passes, aos 6 minutos, Martial recebe passe e driblou dois marcadores, mas teve o chute desviado pela zaga. Aos 9 minutos, Lukaku roubou a bola e recebeu passe em profundidade do Pogba, invadiu a área e chutou para fora.

Apesar do United ter um melhor volume de jogo, quem abriu o placar foram os donos da casa, aos 24 minutos. March cruzou rasteiro, Murray se antecipou a marcação do Lindelof e deu um toque para desviar do De Gea e marcar o gol. Dois minutos depois o Brighton ampliou o placar, após cobrança de escanteio e confusão na área, a bola sobrou com Duffy que chutou forte para marcar o segundo dos donos da casa.

O United conseguiu marcar aos 33 minutos, após cobrança de escanteio a zaga afastou, Shaw chutou a bola, que desviou e sobrou para Lukaku, que de cabeça desviou para o gol. Quando o United voltava a ter o controle da partida, Bailly deu um carrinho, dentro da área, tentando roubar a bola do Gross, que foi atingido e o arbitro marcou pênalti, aos 41 minutos. Gross cobrou no meio do gol, a bola ainda bateu no De Gea antes de entrar.

» SEGUNDO TEMPO

Durante o intervalo, Mourinho trocou Andreas Pereira e Mata, por Rashford e Lingard, respectivamente. Contudo, as alterações não surtiram efeito e os red devils não conseguiam trocar passes, como no primeiro tempo, além de que não conseguiam pressionar a saída de bola do Brighton, que recuou o time com duas linhas 4, deixando o United sem opção para chegar ao gol e ainda oferecendo perigo no contra-ataque.

Sem criação no meio e sem conseguir avançar pelas laterais, Mourinho colocou Fellaini no lugar de Martial e foi que o United se perdeu de vez em campo. O time que não conseguia jogar, ainda teve que contar com o Fellaini para as jogadas áreas. A primeira finalização na segunda etapa só veio aos 74 minutos, Pogba arriscou de fora da área e obrigou o goleiro Ryan a fazer uma ótima defesa.

O United não conseguia jogar, enquanto que o Brighton jogava da maneira que queria, com o adversário bem longe do gol. No último minuto dos acréscimos, Fellaini recebeu passe de Pogba e em lance duvidoso, Kevin Friend marcou pênalti para o United. Pogba chutou forte para diminuir a desvantagem no placar, mas que não evitou a primeira derrota na Premier League 2018/2019.

Detalhes

Escalações

Brighton: Ryan, Montoya, Dunk (Balogun 24′), Duffy, Bong, Propper, Stephens, Gross (Kayal 90′), March, Knockaert e Murray (Locadia 93′)

Manchester United: De Gea, Young, Bailly, Lindelof, Shaw, Fred, Pereira (Rashford 45′), Pogba, Mata (Lingard 45′), Martial (Fellaini 59′) e Lukaku

Gols

Brighton: Murray (24′), Duffy (26′) e Gross (41)
Manchester United: Lukaku (33′) e Pogba (94′)

Cartões Amarelos

Brighton: Murray (67′)
Manchester United: Martial (45+2′)

Comentários