Com dois gols em um dois minutos, United encerra o ano com uma virada fundamental por 2×1 e acaba 2016 em alta com a torcida.

This is Manchester United! (Foto: ManUtd)

Na última partida do ano, United jogou contra o Middlesbrough na tarde deste sábado, em Old Trafford, pela última rodada do turno da Premier League. O Manchester, vindo de 4 vitórias seguidas, tinha como objetivo mais uma vitória em casa e seguir na busca da vaga na Champions League, já o Boro, em 15º lugar, buscava se distanciar da zona de rebaixamento.

A primeira chance do jogo foi do Boro, aos 2 minutos, em um contra-ataque rápido, os visitantes quase abriram o placar, mas Traore chutou torto e sem perigo. Mesmo com Fellaini titular, o primeiro tempo do United foi bom. Justamente o Belga teve duas boas chances de abrir o placar de cabeça mas sem sucesso. Na pressão para abrir o placar, duas finalizações pararam na trave. Uma na bicicleta de Paul Pogba e outra num petardo de fora da área de Martial, que na sequência da jogada, driblou e cruzou para Ibrahimovic, o sueco deu seu tradicional golpe de taekwondo da bola para marcar o gol, porém o árbitro Lee Mason anulou marcando falta do atacante em Valdes, mesmo que Ibra sequer tenha chegado perto do goleiro do Boro.

Segunda etapa de partida começou do mesmo jeito, United pressionando em busca de abrir o placar e o Boro apostando em uma bola para ganhar o jogo. E foi o que aconteceu. Aos 22 minutos, bola no alto, Negredo ajeitou de cabeça para Leadbitter, que finalizou sem chances pra De Gea e colocou os visitantes na frente do placar. Daí pra frente, o que já era pressão do United virou um jogo de ataque contra defesa. Mkhitaryan, Ibra, Mata, Martial, Rashford bem que tentaram, mas paravam na zaga ou em Victor Valdes, que evitou uma goleada. Aos 40 minutos, finalmente o gol saiu. Bailly fez uma ligação direta, Zlatan desviou de cabeça e Martial fuzilou para empatar a partida.

O gol de empate aos 40 minutos (Foto: ManUtd)

Em busca da virada, na saída de bola o United retomou a posse, trabalhou pela direita, Mata tentou cruzar e foi bloqueado, na segunda tentativa a bola foi na cabeça de Paul Pogba, que escorou no ângulo de Valdes para virar a partida. Vitória garantida na raça, no coração, e podemos dizer que de presente para Alex Ferguson, aniversariante do dia, que estava presente em Old Trafford, uma vitória no tradicional Fergie Time para orgulhar os torcedores e fazer com que a virada de ano seja feliz.

O gol da virada aos 41 minutos (Foto: ManUtd)

O Manchester United volta à campo já na próxima segunda-feira, dia 2 de Janeiro, as 15h30, frente ao West Ham, no Estádio Olímpico de Londres.

Comentários