Arsenal-v-Manchester-United-Premier-League-3139280

Pré-jogo

Após um empate dramático contra o Fulham na rodada passada, o Manchester United foi até Londres enfrentar o fragilizado Arsenal no Emirates Stadium.

O Jogo

A partida começou à mil e logo no primeiro minuto de jogo aconteceu um lance de perigoso à favor do Manchester United. Arteta vacilou na intermediária, Van Persie roubou a bola e finalizou para a defesa de Szczesny. O Arsenal não demorou a dar a resposta, Ozil tocou para Wilshere que passou fácil de Vidic, entrou na área e finalizou, mas Smalling desviou a bola para escanteio. Na cobrança, Cazorla cruzou e Giroud sozinho dentro da área finalizou à direita do gol do United.

O Arsenal passou a dominar a partida, tinha uma ampla posse de bola mas não atacava com tanta contundência. O United esperava o adversário no campo de defesa. Ambas as equipes estavam cautelosas.

O Arsenal voltou ao ataque aos 09′ com Rosicky. O tcheco arriscou de longe, a bola bateu nas costas de  Vidic e quase enganou De Gea, mas o espanhol estava atento e fez a defesa. O United chegou ao ataque novamente aos 17′. Em uma das raras vezes que Juan Mata apareceu no meio para armar uma jogada, ele deu um passe para Van Persie que cortou o zagueiro e finalizou à esquerda.

Segundo tempo

No início do segundo tempo o United quis mostrar que dessa vez iria ao ataque. Aos 46′ Mata cobrou falta, Carrick cabeceou e ninguém apareceu para complementar para o gol.

A melhor chance dos donos da casa até então aconteceu aos 61′. Após cobrança de escanteio, Koscielny subiu e cabeceou para o gol, mas Valencia estava bem posicionado e tirou a bola em cima da linha, salvando o Manchester United. O curioso foi que antes da cobrança do escanteio o equatoriano se posicionou à esquerda de De Gea, mas o goleiro pediu para ele se posicionar ao lado do poste direito e felizmente ele estava lá para salvar o United,

Em seguida o United quis dar uma resposta, mas Juan Mata não estava com o pé calibrado e finalizou à esquerda do gol do Arsenal.

A melhor chance do United no jogo aconteceu aos 78′. Contra ataque puxado por Van Persie, ele tocou para Rooney e correu para a área. O ‘Shrek’ cruzou e o holandês cabeceou a bola com toda sua força para o gol, mas o goleiro Szczesny esticou o braço direito e fez uma belíssima defesa.

A partir daí só deu Arsenal e o nome do jogo se tornou Santi Cazorla. Em duas oportunidades, uma aos 83′ e outra aos 90′, o espanhol finalizou para duas belíssimas defesas de De Gea.

Nos segundos finais ficou claro que o Manchester United se importava mais em não perder do que ganhar. Rooney puxou contra ataque e foi desarmado por Koscielny. A bola sobrou para Januzaj, e mesmo ainda estando em vantagem no número de jogadores, ele tocou atrás para Carrick que tocou  tocou mais atrás para Young e assim o árbitro decretou o fim da partida.

Detalhes

Escalações

Arsenal: Szczesny, Sagna, Mertesacker, Koscielny, Gibbs, Arteta, Wilshere, Rosicky(Chamberlain 74′), Ozil, Cazorla e Giroud

Manchester United: De Gea, Rafael(Ferdinand 45′), Smalling, Vidic, Evra; Valencia(Young 81′), Cleverley, Carrick, Mata(Januzaj 74′); Rooney e Van Persie

Cartões Amarelo

Manchester United: Valencia (73′) e A. Young (92′)
Arsenal: Sagna (87’0

Por  Walter Junior
www.mufcbr.com

Comentários