Depois dos goleiros Grant, Heaton, Mignolet e Randolph, foi a vez de Jakupovic brilhar contra o United, fazer sua melhor partida na carreira e garantir um empate para os visitantes em Old Trafford. Mais um jogo que o United é superior em todos os fundamentos, acaba não saindo com a vitória e vê chance de ouro de colar no G4 ir embora.

O goleiro não deixou passar nada (Foto: MUFC)

Após a goleada frente ao Wigan, no último domingo pela FA Cup, o Manchester United teve mais um desafio contra o Hull City (as equipes fizeram uma das semifinais da Copa da Liga Inglesa, onde o United se classificou), em menos de duas semanas. Apesar da derrota por 2 a 1 para o Hull no jogo de volta da Copa da Liga, o United ainda seguia invicto pela Premier League, e com a derrota do Arsenal e empates de Liverpool e Tottenham, a vitória na tarde desta quarta-feira era de suma importância.

O Jogo

Os minutos iniciais foram de pressão do United, como de costume nos jogos em Old Trafford. Ibra obrigou o goleiro Jakupovic a fazer boa defesa em chute de fora da área aos 15 minutos. Passada a pressão inicial, o Hull começou sair mais e criar algumas chances. A melhor um peixinho que saiu ao lado esquerdo do De Gea. Com o passar do tempo o jogo ficou um pouco mais truncado. No fim do primeiro tempo, Ibrahimovic deu um belo passe de letra pra Pogba, que saiu cara a cara e com uma bomba de esquerda obrigou o goleiro a fazer uma defesa magnífica, na melhor chance do United na primeira etapa.

Jogo foi bastante complicado desde os primeiros minutos (Foto: MUFC)

O segundo tempo pareceu uma prorrogação do primeiro. A pressão do United, que ja era descomunal, virou incessante. Em apenas 15 minutos, Rashford e Ibra desperdiçaram inúmeras chances de abrir o placar. O Hull, com os 11 jogadores atrás da linha da bola, proporcionou ao United mais um daqueles jogos de ataque contra defesa em que o Man Utd finaliza muito ao gol, tem a posse de bola de praticamente 85% e não consegue o gol. A chance mais incrível aconteceu aos 28 minutos, quando em cruzamento, Rojo ajeitou para Juan Mata, que dentro da pequena área finalizou e Jakupovic operou um milagre ao salvar o gol em cima da linha. Na reta final de partida, Markovic quase cometeu o crime para o Hull, em contra-ataque, carimbou a trave de De Gea. Porém, quem brilhou de verdade foi Jakupovic. Aos 46 minutos, Rojo cabeceou da marca do pênalti e o goleiro do Hull fez bela ponte pra salvar os visitantes. No último lance da partida, Pogba descolou lindo chute e o goleiro foi buscar a bola que entraria no ângulo. No fim das contas, outro empate melancólico em Old Trafford.

Jakupovic foi o homem da partida (Foto: MUFC)

O Manchester United volta à campo no próximo domingo, contra o Leicester, no King Power Stadium, às 14h (horário de verão de Brasília).

Texto com colaboração de Pedro Carvalho.

Comentários