Competições

» O JOGO

Após o confronto com um pênalti marcado após o apito final, Brighton e United voltaram a se enfrentar no Sudeste da Inglaterra, agora em partida pela Carabao Cup (Copa da Liga Inglesa). As equipes foram para campo com muitas mudanças em relação a última partida, que iniciou com o United com mais posse de bola e se mantendo no campo de ataque. A equipe mandante pressionada nos minutos iniciais, recuou suas linhas defensivas e passou a buscar o ataque no contra-ataque. Com as equipes sem seus principais jogadores, a partida tinha pouca criação, foco em troca de passes e nenhuma emoção.

O primeiro lance de perigo foi do United, que chegou próximo de abrir o placar aos 17 minutos, quando o Juan Mata recebeu passe dentro da área e de primeira passou para o Ighalo, o camisa 25 driblou o goleiro Steele, mas o chute foi para fora. O Brighton conseguiu controlar a pressão red devil e passou a sair mais para o jogo, principalmente nas jogadas pelos lados do campo, que foi por onde a equipe conseguiu iniciar a jogada que resultou na primeira finalização, Jahanbakhsh recebeu passe na entrada da área para finalizar de primeira, Henderson fez a defesa no canto direito em dois momentos, aos 25 minutos.

Sem espaço para infriltar na zaga adversária, o United ficava muito no campo adversário, contudo não conseguia oferecer perigo, que voltou a acontecer apenas aos 28 minutos, quando o Fred arriscou o chute de longe, que foi defendido sem perigo pelo Steele. A partida voltou a ficar sem emoções e equilibrada, até que o United criar uma boa oportunidade de contra-ataque com o Juan Mata pela direita, o espanhol foi derrubado pelo Burn, o espanhol cobrou a falta e acertou o passe para o McTominay abrir o placar aos 43 minutos, subindo livre para desviar e tirar qualquer reação do Steele, no último lance de perigo da primeira etapa.

» SEGUNDO TEMPO

A segunda etapa começou com a mesma movimentação que os comandados do Solskjaer apresentaram na primeira etapa, com posse de bola e com dificuldades para ligar a bola entre o meio e ataque. O Brighton seguia com dificuldades para criar e jogando um pouco mais recuado, o que não impediu da equipe quase sofrer o segundo gol aos 52 minutos, com Fred cobrando falta frontal, oferecendo muito perigo e obrigou o goleiro Steele a realizar a defesa em dois lances. A equipe mandante precisou realizar uma substituição quando o Jahanbakhsh, melhor jogador da equipe na partida, sentiu lesão e deu lugar ao Maupay.

O Brighton chegou muito próximo de empatar aos 66 minutos, Gross cruzou rasteiro para o centro da área encontrando o Trossard, em chute colocado que parou na grande defesa do Henderson. Apesar do bom momento da equipe mandante na partida, o United chegou ao segundo gol aos 72 minutos, Fred deu passe para o van de Beek, o holandês desviou de calcanhar para o Juan Mata receber dentro da área e chutar no canto esquerdo do Steele. Três minutos depois a equipe chegou muito próximo de ampliar, quando o Dalot cruzou e o Pogba desviou de cabeça com a bola passando muito próxima a trave esquerda.

As entradas de Rashford e Pogba deixaram a equipe com mais poder ofensivo e permitiu a equipe a chegar ao terceiro gol com Pogba, em cobrança de falta pelo lado esquerdo aos 79 minutos, a bola contou com um desvio na barreira e tirou qualquer chance de defesa do Steele. A equipe mandante que não conseguiu responder, ficou próximo de sofrer o quarto gol em uma nova triangulação red devil entre Mata, van de Beek e Dalot, que terminou com o português recebendo na saída do Steele, que defendeu o chute aos 85 minutos. O resultado permitiu que a equipe red devil jogasse esperando o apito final, que aconteceu aos 92 minutos e garantiu o avanço para as quartas de final da Carabao Cup.

Detalhes

Escalações

Brighton: Steele, Burn (Sanders 80′), Dunk, White; Veltman, Molumby, Gross, Bernardo; Jahanbakhsh (Maupay 49′), Mac Allister e Gyökeres (Trossard 62′)

Manchester United: Henderson, Dalot, Bailly, Lindelöf, Williams; McTominay, Fred (Lingard 80′); Mata, Daniel James (Pogba 68′), van de Beek e Ighalo (Rashford 68′)

Gols

Manchester United: McTominay (43′), Mata(72′) e Pogba(79′)

Cartões Amarelos

Brighton: Burn (42′), (Veltman 78′)

Manchester United: Lindelöf (85′)

Comentários