Competições

» PRÉ-JOGO

Pressionado por não vencer há 7 partidas, sendo 5 pela Premier League, o técnico Louis van Gaal participou de uma reunião no domingo (27/12) e deixou o treinamento por conta do seu assistente Ryan Giggs. Já pelo lado dos blues, que veio de um empate contra o Watford, seria a chance de vencer e animar os jogadores.

» O JOGO

O início da partida foi frenético, com os times trocando passes e atacando com velocidade, e por muito pouco o United não abriu o placar logo aos 3 minutos com Juan Mata, após receber passe de Rooney, o espanhol chutou forte, mas acertou a trave do goleiro Courtois.

A resposta do Chelsea veio pouco mais de um minuto depois, William cobrou escanteio e John Terry cabeceou com perigo, obrigando o espanhol De Gea defender com apenas uma mão. Aos 9 minutos, Rooney recebeu de Herrera e deu passe para Schneiderlin, o francês chutou com perigo no lado esquerdo do gol da equipe londrina.

Os diabos vermelhos se lançaram ao ataque e aos 15 minutos, Herrera e Rooney tabelaram, o camisa 21 deu passe para o jovem Martial, que invadiu a área pelo lado esquerdo do ataque, se livrou da marcação do Ivanovic e chutou cruzado, mas a bola bateu na trave direita do Courtois e saiu pelo lado esquerdo da linha de fundo.

Em mais um ataque do United, Martial novamente invadiu a área pela esquerda, aos 22 minutos, se livrou da marcação e caiu após dividir a bola com Zouma, o francês do United reclamou uma falta, mas o árbitro Martin Atkinson nada marcou. O último lance de perigo da primeira etapa aconteceu aos 28 minutos, após Schweinsteiger dar o passe para Rooney, o camisa 10 arriscou o chute de fora da área, mas viu o belga Courtois fazer ótima defesa.

» SEGUNDO TEMPO

A segunda etapa começou tão movimentado quanto o primeiro tempo, porém com o Chelsea chegando com perigo ao ataque. Logo aos 47 minutos, Pedro recebeu passe do Hazard e chutou de fora da área, De Gea espalmou e a bola sobrou para Azpilicueta, que chutou, porém o goleiro do United conseguiu defender a mão direita.

O United tava aproveitando a liberdade que o jovem Martial estava encontrando pelo lado direito da zaga do Chelsea e em uma das invasões do camisa 9 red devil, o United teve ótima oportunidade após Herrera receber cruzamento, aos 55 minutos, e chutar à queima roupa, porém o belga fez ótima defesa.

As equipes abusavam de perder oportunidades, a mais incrível foi no contra ataque armado pelo Pedro, que tocou para Matic avançar livre pela esquerda e chutar pra muito longe a chance de ter aberto o placar no Old Trafford, aos 61 minutos. Já Rooney foi o responsável por desperdiçar a oportunida pelo Manchester United, Borthwick-Jackson fez o cruzamento pela esquerda, mas o capitão do United tentou chutar de primeira e mandou por cima do gol.

» MELHORES MOMENTOS

Detalhes

Escalações

Manchester United: De Gea, Young, Smalling, Blind (Jones 81′), Darmian (Borthwick-Jackson 70′), Schweinsteiger, Schneiderlin, Mata (Memphis 76′), Herrera, Martial e Rooney

Chelsea: Courtois, Ivanovic, Zouma, Terry, Azpilicueta, Mikel, Matic, Willian (Ramires 69′), Oscar (Loftus-Cheek 93′), Pedro e Hazard

Cartões Amarelos

Manchester United: Schneiderlin (30′), Smalling (39′), Schweinsteiger (81′) e Rooney (91′)
Chelsea: Mikel (27′)e Hazard (72′)

Comentários