Competições

» PRÉ-JOGO

No primeiro confronto internacional entre Manchester United e Liverpool, os red devils pouco fizeram durante os 90 minutos e sofreram o revés por 2 a 0. A partida em Anfield Road teve amplo domínio do Liverpool que mostrou total superioridade na primeira etapa. Abriu o placar com Sturridge, em cobrança de pênalti marcado de forma duvidosa, e completou o marcador na segunda etapa com Roberto Firmino. Isto que, De Gea, mais uma vez fez, salvou de mais gols.

» O JOGO

A partida iniciou com o cruzamento para área aos 38 segundos de jogo, mas o jovem Rashford, desta vez jogando pelo lado direito, não conseguiu pegar bem na bola que foi longe do gol. Após este lance, o Liverpool dominou a partida e com Lallana, Coutinho e Firmino no meio, ficava mais com a bola.

O jogo tranquilo, com as duas equipes procurando espaços, seguiu até os 18 minutos. Em uma das investidas o Liverpool chegou até a área dos red devils e o árbitro de fundo marcou pênalti duvidoso de Depay em Clyne. Sem nada a ver com o lance, Daniel Sturridge bateu bem, à direita de De Gea que pulou no canto certo, mas não alcançou.

O gol esquentou o time do Liverpool que comandou a partida e partiu para o ataque. Cinco minutos após abrir o placar, a bola passa por toda a pequena área e Coutinho toca para o gol, mas De Gea é mais ágil e pega o chute. Acuado, o United pouco fazia em campo e praticamente se preocupava em defender, com posse de bola de incríveis 27% após meia hora de bola rolando.

A supremacia da equipe de Livepool em campo resultou em mais oportunidades de gol. Primeiro com Sturridge, após furada de Smalling, que chutou forte para a defesa de De Gea. O espanhol também defendeu no reflexo a desviada de Lallana no cruzamento de Coutinho. O Manchester respondeu, porém, com remate longe da meta de Mignolet.

» SEGUNDO TEMPO

Na volta do intervalo, van Gaal tirou Rashford e pôs Carrick na zaga, mudando o esquema para o 3-5-2. Com cinco minutos o primeiro chute do Manchester na meta de Mignolet. Schneiderlein passou a bola pelo meio das pernas de Firmino e chutou para a defesa do goleiro. O Liverpool reagiu logo em seguida com um belo chute de fora da área de Coutinho que obrigou De Gea a fazer uma bela defesa.

Nos minutos seguintes o United acertou a marcação, sem dar tantos espaços como no primeiro tempo, mas ainda sem criar jogadas efetivas. Com 20 minutos, De Gea fazia sua quinta defesa ao pegar o chute de fora da área do lateral Clyne. Enquanto a equipe seguia inoperante, o Liverpool, muito melhor na partida, parecia questão de tempo para o segundo gol da equipe da casa.

E foi o que aconteceu. Aos 28 minutos, Henderson cruzou na área, Carrick rebateu mal, Lallana aproveitou e tocou na pequena área para Firmino tocar para o fundo das redes. Após o gol, Schweinsteiger e Herrera entraram no lugar de Schneiderlein e Mata, e para os dez minutos finais, a primeira boa chance criada foi numa velha estratégia da equipe: cruzamento na área e cabeceio de Fellaini que saiu pelo lado do gol. E ficou nisso, sem assustar a meta adversária, a peleja terminou com a tranquila vitória do Liverpool. Para o jogo de volta, na próxima semana no Old Trafford, o United tem de fazer três gols para se classificar de forma direta.

» MELHORES MOMENTOS

Detalhes

Escalações

Liverpool: Mignolet, Clyne, Lovren, Sakho, Moreno, Can, Henderson, Lallana, Coutinho, Firmino (Origi 84′) e Sturridge (Allen 64′)

Manchester United: De Gea, Varela, Smalling, Blind, Rojo, Schneiderlin (Schweinsteiger 79′), Fellaini, Memphis, Mata (Herrera 79′), Martial e Rashford (Carrick 46′)

Gols

Liverpool: Sturridge (20′) e Firmino (73′)

Cartões Amarelos

Liverpool: Henderson (2′), Lovren (43′) e Coutinho (49′)
Manchester United: Memphis (19′), Rashford (45′) e Fellaini (60′)

Comentários