Pré-Jogo

Após 55 dias sem jogos do Manchester United, os red devils de todo o mundo puderam voltar a ver o time em ação, porém um time repleto de reservas e até jogadores que foram promovidos ao time principal. A partida foi a primeira da Tour 2013, que terá mais 5 amistosos até o dia 6 de agosto.

O Jogo

A partida teve um início morno, uma vez que o United contava vários jogadores reservas, fato que acabou no pouco entrosamento da equipe, enquanto que o Singha All-Star foi formado pelo melhores jogadores do último campeonato tailândes. Os principais lances da partida, até os 20 minutos, foram a boa troca de passe do Singha All-Star que resultou em lance de perigo aos 4 minutos, quando um jogador tailandês recebeu lançamento partiu sozinho em direção ao gol, mas Evans conseguiu ser mais rápido e deu um carrinho para bloquear o chute, pelo lado red devil as participações de Januzaj, Büttner e Anderson, deixaram o time com mais veloz nas investidas ao ataque.

Aos 23 minutos, finalmente, o United chegou com perigo ao gol do Singha All-Star, Fábio fez o cruzamento e Januzaj se antecipou ao goleiro, porém no momento do chute acabou mandando por cima do gol. O Singha respondeu dois minutos depois, com um chute de fora da área, porém Amos estava atento e fez a defesa. Uma nova chance surgiu pelo lado do Manchester United aos 29 minutos, quando Welbeck tentou aplicar o “drible da vaca” no goleiro adversário, mas acabou perdendo a chance de gol. A primeira substituição da era de David Moyes, foi a entrada de Rafael no lugar de Büttner, que acabou sentindo a coxa.

O Singha All-Star conseguiu com perigo ao gol do United, após lançamento o atacante recebeu e chutou de fora da área, mas o Amos estava atento e conseguiu mandar a bola para escanteio. Com a entrada de Rafael, seu irmão Fábio acabou sendo deslocado para lateral esquerda. No primeiro ataque após a substituição, Welbeck acabou chutando fraco e desperdiçou mais chance de gol, após cruzamento de Fábio.

O último lance de perigo da partida aconteceu aos 43 minutos, com o chute de fora da área do time do Singha All-Star, mas que Amos fez uma tranquila defesa.

Segundo Tempo de muitas chances perdidas e Zaha em campo

A partida recomeçou com o mesmo Manchester apático em campo, mas com um Singha All-Star buscando o gol e foi isso que aconteceu aos 49 minutos, após um jogador do Singha receber um passe em profundidade e chutar de primeira para fazer o gol.

Com pouca criação e apenas um atacante em campo, o United chegava com pouco perigo ao gol do Singha. Welbeck bem que tentou aos 52 minutos, depois de receber lançamento, porém com pouco espaço acabou chutando sem perigo. Fábio se aventurou no ataque, invadiu a área e chutou cruzado, o goleiro espalmou, mas Welbeck não conseguiu chegar a tempo para completar.

Com o baixo futebol apresentado, Moyes decidiu realizar três substituições, sacando do time: Anderson, Cleverley e Giggs, por Jones, Lingard e Zaha, respectivamente. Zaha que após ser contratado ainda na era Ferguson, estava estreando sob o comando de Moyes. AS alterações não surtiram efeito, já que o time não conseguia chegar com perigo ao gol. Em uma dos poucos chutes de fora da área, Januzaj, aos 71 minutos, chutou forte, mas o goleiro conseguiu fazer bela defesa.

A partir daí o United passou a abusar dos cruzamentos, mas sem grande perigo como no cruzamento de Fábio, que acabou na cabeçada por cima do gol do Zaha. Welbeck continuou desperdiçando as chances de gol, após receber lançamento, deixar dois marcadores para trás e chutar para fora a chance de gol aos 80 minutos. Como as jogadas de linha de fundo não estavam alterando o rumo da partida, o time começou a procurar as jogadas individuais com o Zaha.

Em uma dessas jogadas, o camisa 29 limpou a marcação e chutou cruzado, mas a bola ficou na trave. Durante toda a partida o Manchester United não conseguiu criar jogadas de perigo, tão pouco conseguiu chegar com real perigo ao gol do Singha All-Star. Agora é esperar o próximo amistoso contra o A-League All Stars.

Detalhes

Escalações

Manchester United: Amos, Fabio, Ferdinand, Evans, Buttner, Carrick, Anderson, Cleverley, Januzaj, Giggs e Welbeck.

Singha All-Star: Taweekul, Jin Kim, Thamaphan, Chon Ri, Daosawang, Thonglao, Phanrit, Djurovski, Siaka, Winothai e Dangda (Chimtale).

Gol

Winothai (49′) – Singha All-Star

Por Anderson dos Santos
www.mufcbr.com

Comentários