O Jogo

O um começo bem movimentado e com várias trocas de passes de ambas equipes, quem assustou primeiro foi o Liverpool, aos 2 minutos, Sturridge chutou com perigo a esquerda do gol do De Gea. O Liverpool com mais movimentação, chegava mais ao ataque, porém na conseguia chutar em direção ao gol, já o United aos poucos ganhava espaço, porém pouco criava e tinha dificuldade em chegar ao ataque.

As tentativas de abrir o placar aconteciam de maneira diferente, o United buscava as jogadas pela laterais, enquanto Rafael buscava os cruzamentos, Januzaj e Rooney buscavam jogadas individuais pelo lado esquerdo. Já o Liverpool abusava das jogadas em cima do Vidic, que não fazia boa partida, em uma delas, aos 27 minutos, Allen chutou com perigo, após tabela com Suarez, contudo De gea defendeu sem grande susto.

Aos 32 minutos, o placar foi aberto pelo Liverpool, após Sturridge lançar a bola para Suarez, Rafael meteu a mão na bola, em lance bobo, na cobrança do penalti Gerrard cobrou no lado esquerdo do De Gea, que pulou no lado direito. Nas poucas investidas ao ataque, o United pouco assustava, em um dos poucos lances Van Persie, aos 41 minutos, recebeu passe, dentro da área do Rafael, e chutou após se livrar da marcação, porém a bola desviou no Skrtel e foi para fora.

No lance mais perigoso do Manchester United, na primeira etapa, Rafael recebeu passe de Januzaj, cruzou rasteiro para Rooney, o camisa 10 chutou forte e Mignolet  espalmou, no rebote Rooney tentou o chute, mas foi travado.

Segundo Tempo

Mal a partida reiniciou e na disputa de bola entre Joe Allen e Phil Jones, na qual o zagueiro do United trombou com jogador Liverpool e o arbitro marcou novo pênalti, na cobrança Gerrard cobrou no lado esquerdo do De Gea, que acertou o lado, mas não conseguiu defender. Com dois gols de desvantagem, um time sem conseguir jogar e um grande técnico no banco, o Manchester United até pressionava, porém não conseguia chegar com perigo na área do Liverpool.

Nas investidas o time parava na marcação ou até na falta de opções para troca de passes. O primeiro chute aconteceu aos 66 minutos, com Fellaini que chutou para muito longe uma bola que rebotou no chute do Mata. Aos 73 minutos, Gerrard quase marcou um hat-trick, após chute de fora da área a bola desviou no Phil Jones e passou muito perto. Dois minutos depois o Manchester United respondeu no cabeceio do Van Persie, após cruzamento do Rooney.

O mais incrível aconteceu aos 77 minutos, quando Sturridge invadiu a área e foi desarmado por Vidic, mas o querido Mark Clattenbrug marcou o terceiro pênalti e ainda expulsou Vidic, Gerrard foi para a terceira cobrança e mudou o lado e acabou acertando a trave. O Manchester United não mudou em nada sua postura em campo e com um a menos, acabou sendo presa fácil para o Liverpool.

Com o sistema defensivo completamente desorganizado, Sturridge e Suarez sobravam com suas jogadas de velocidade, em uma delas o uruguaio chapelou Jones e chutou forte, mas De Gea fez grande defesa, aos 83 minutos. Em uma jogada entre Sturridge e Suarez, o racista recebeu passe e chutou no lado direito do De Gea, que nada pode fazer. Com a desvantagem no placar e um jogador a menos em campo, coube a David Moyes retirar Juan Mata e colocar Ferdinad, para evitar um vexame ainda maior até o final da partida.

Detalhes

Escalações

Manchester United: De Gea; Rafael, Jones, Vidic, Evra; Mata (Ferdinand 87), Fellaini (Cleverley 76), Carrick, Januzaj (Welbeck 76); Rooney e van Persie

Liverpool: Mignolet, Johnson, Skrtel, Agger, Flanagan, Gerrard (Lucas 86), Allen, Henderson, Sterling (Coutinho 71), Suarez e Sturridge (Aspas 90)

Gols

Liverpool: Gerrard (34′ e 46′) e Suarez (84′)

Cartões Amarelo

Manchester United: Rafael (32′), Vidic (71′ e 77′)
Liverpool: Flanagan (31′), Gerrard (37′) e Skrtel (54′)

Cartão Vermelho

Manchester United: Vidic (77′)

Por Anderson dos Santos
www.mufcbr.com

Comentários