Competições

» O JOGO

Tendo garantido a classificação à final da Europa League em cima da Roma durante a última semana, O Manchester United voltou a focar na Premier League e visitou neste domingo (09) o Aston Villa, no Vila Park, em partida válida pela 35ª da competição. O tropeço dos Red Devils iria acarretar no título antecipado do seu rival, City. Os minutos inicias foram de pressão do United, marcava os donos da casa em seu campo, conseguindo recuperar a bola e chegando perto da área. A melhor investida nesse começo foi de Shaw que tabela com Rashford e já dentro da área chuta forte para boa defesa de Martínez. Depois de sofrerem um pouco no começo, os Villans conseguem crescer no jogo e o duelo fica equilibrado.

A partida se concentrava muito no meio-campo, após os primeiros 10 minutos raras foram as investidas das duas equipes. Ambas as defesas se postavam bem, dificultando as investidas dos dois ataques. United quase que cria uma boa chance de gol quando aos 21 minutos Greenwood tenta finalização de fora da área, mas ele bate errado e o chute acaba virando um cruzamento para Rashford que ia ficando de frente para o goleiro, contudo Targett consegue se antecipar e impedir que o camisa 10 ficasse com a bola.

Poucos minutos depois, Manchester United, em seu campo, erra na saída e perde a bola, Aston Villa recupera com Douglas Luiz que aciona Traoré na área, o mesmo se desmarca de Lindelöf e dá um chutaço no ângulo, sem chances para Henderson que até salta para impedir mas não alcança, assim, abrindo o placar à favor do time mandante. Os comandados de Solskjær até que faziam um bom jogo, no entanto pecavam na hora de chegar à área adversária, buscavam trocar muitos passes em volta dela mas a marcação do Aston Villa estava muito bem postada. Na marca dos 38 minutos o United pressiona na entrada da área, procura alguma brecha na troca de passes e Rashford recebe, bate pro gol mas Martínez consegue encaixar e fazer a defesa.

» SEGUNDO TEMPO

Manchester United voltou para a segunda etapa querendo a virada, bem no início Pogba recebe na área e faz o pivô, é derrubado pelas costas por Douglas Luiz e sofre o pênalti, Bruno Fernandes vai para a cobrança e bate rasteiro no canto esquerdo do gol de Martínez, que pulou pro outro lado. Deixando tudo igual na partida no minuto 52. Após empatar os Red Devils continuaram indo pra cima, Wan-Bissaka recebe pela direita e avança até a entrada da área e toca para Greenwood, ele gira em cima do marcador e bate firme no canto do goleiro do Villa, fazendo o segundo do United e virando a partida em menos de quatro minutos depois de ter feito o primeiro.

Depois de tomarem a virada, os Villans vão pra cima para pelo menos diminuir o placar desfavorável, uma vez que eles já estiveram na frente no jogo. Aos 62 minutos Rashford arrisca novamente a finalização de fora da área, ele chuta forte e a bola passa perto do gol. Logo em seguida Ole Gunnar Solskjær meche na equipe, tira Greenwood, autor do gol, e coloca Cavani para ser o homem de referência no ataque. O camisa 7 foi importante na defesa pouco depois de entrar, em cruzamento à área do Manchester United ele se adianta ao adversário e corta de cabeça, impedindo o que poderia se tornar no gol de empate do Villa.

Na marca dos 78 minutos Maguire é atendido em campo, tenta continuar mas sai mancando, Bailly entra em seu lugar. Depois de alguns minutos Matic também foi outro que entrou, dessa vez no lugar de Bruno Fernandes. Na marca dos 87 minutos Rashford chegava pela direita, ele cruza na medida encontrando Cavani, o uruguaio cabeceia bem e marca o terceiro do Manchester United na partida já no final, impedindo qualquer reação do Aston Villa nesses minutos finais. Watkins ainda tenta cavar um pênalti aos 89 minutos, mas o arbitro não vai na dele e leva o segundo amarelo por simulação, sendo expulso.

Detalhes

Escalações

Aston Villa: Emiliano Martínez; Cash, Konsa, Mings e Targett; Douglas Luiz (Ramsey 65’), McGinn e Barkley (Davis 77’); Traoré, El Gazhi (Wesley 77’) e Watkins

Manchester United: Henderson; Wan-Bissaka, Lindelof, Maguire (Bailly 78’) e Luke Shaw; McTominay, Fred e Bruno Fernandes (Matic 86’), Pogba e Rashford; Greenwood (Cavai 65’)

Gols

Aston Villa: Traoré (24’)

Manchester United: Bruno Fernandes (52’), Greenwood (56’) e Cavani (87’)

Cartões Amarelos

Aston Villa: Watkins (46’), (89’) e McGinn (79’)

Manchester United: Maguire (67’)

Comentários