Competições

» O JOGO

Sem vencer nos último seis jogos, o United foi até a Sérvia enfrentar o Partizan Belgrado pela terceira rodada da Europa League, buscando vencer para garantir a liderança isolada além de deixar a classificação encaminhada para próxima fase. Com o esquema igual ao da partida contra o Liverpool, a equipe red devil mesclava jogadores jovens, que voltavam de lesão e alguns titulares. A equipe do Partizan com uma proposta mais defensiva, fechava bem seus espaços e apostando no contra-ataque e nos passes pelo alto para o atacante Sadiq Umar de 1,92 metro.

Apesar dos cinco jogadores no meio de campo, o Manchester United encontrava linhas defensivas muito bem posicionadas, dificultando jogadas de infiltração o que obrigava a equipe ficar trocando passes com objetivo de abrir espaços na defesa adversária. A equipe sérvia não conseguia criar muito, mas dificultava o jogo dos visitantes, o que fez com que o primeiro lance de perigo só acontecesse aos 14 minutos, Mata em cobrança de falta, levantou a bola na segunda trave, McTominay subiu sozinho cabeceando para o chão, após quicar a bola muito próximo ao gol.

Os esquemas adotados pelas equipes deixavam a partida sem brilho, o United sem conseguir criar, enquanto que o Partizan se defendia muito e pouco criava. Após os 25 minutos, os donos da casa subiram suas linhas e passaram a ter mais presença no campo de ataque, contudo seu primeiro chute ao gol só aconteceu aos 35 minutos, quando Tosic chutou cruzado de fora da área, mas sem perigo. A resposta red devil aconteceu no minuto seguinte, com Lingard recebendo na entrada da área e chutando colocado, tirando do Stojkovic, contudo acertando a trave.

O Partizan devolveu a bola na trave aos 39 minutos, Sadiq ganhou a disputa pela bola e chutou da entrada da área, acertando a trave esquerda do Romero. Com poder ofensivo, os sérvios passaram a pressionar e chegaram com perigo aos 41 minutos, Asano recebeu passe na entrada da área e mesmo com o chute travado, a bola passou próximo ao gol. Procurando responder, o United abriu o placar aos 41 minutos, Williams invadiu a área e foi derrubado por Miletic e o arbitro Xavier Estrada marcou o pênalti. Martial cobrou no canto direito do Stojkovic, que pulou para o lado contrário.

» SEGUNDO TEMPO

A equipe sérvia voltou mais ofensiva para segunda etapa, Sadiq em lance que teria muito espaço foi parado com falta muito próxima a área, na cobrança Natcho tentou acertar o canto inferior do Romero, porém a bola passou muito próximo ao gol aos 46 minutos. O United que jogava de forma mais defensiva, começava a sofrer pressão adversária e passando um pouco de sufoco. O empate do Partizan poderia ter acontecido aos 51 minutos, quando Soumah fez grande jogada pelo meio, driblando o Maguire e chutando da entrada da área, contudo o chute foi no meio e parou no Romero.

Com dificuldades para manter a bola no ataque, Solskjaer fez duas substituições, colocou Rahsford e James nos lugares de Martial e Wan-Bissaka, respectivamente. As alterações até causaram um efeito inicial, Rashford fez boa tabela invandindo a área, conseguiu deixar para o Mata, contudo o passe do espanhol para o centro da área foi cortado pela zaga. Atuando de maneira mais ofensiva, o Partizan voltou a oferecer aos 73 minutos, Sadiq recebeu passe na entrada da área e chutou com muito perigo, a bola pegou um efeito e passou muito próximo ao gol.

Percebendo que a postura red devil era defensiva, os donos da casa arriscavam de todas maneiras possíveis e pressionaram muito nos minutos finais. Asano,  aproveitando cobrança de escanteio aos 82 minutos, desviou a bola na primeira trave, que parou na defesa do Romero no centro do gol. A última grande chance foi com Natcho arriscando o chute de fora da área, contudo viu a bola passar muito perto do travessão, aos 85 minutos. O United conseguiu segurar a equipe adversária até o final da partida, assim garantindo a vitória, que não acontecia desde a primeira rodada da competição europeia.

Detalhes

Escalações

Partizan Belgrado: Stojkovic, Miletic, Ostojic, Pavlovic, Urosevic; Natcho, Zdjelar; Tosic (Stevanovic 74′), Asano (Ivanovic 91′), Soumah (Pavlovic 82′)e Sadiq

Manchester United: Romero, Jones, Maguire, Rojo; Wan-Bissaka (James 59′), McTominay, Garner (Andreas Pereira 80′), Williams; Mata, Lingard e Martial (Rasford 59′)

Gols

Manchester United: Martial (42′)

Cartões Amarelos

Partiza Belgrado: Natcho (65′), Miletic (66′) e Zdjelar (88′)

Manchester United: Jones (46′)

Comentários